Três esgrimistas sul-coreanos estão com coronavírus e equipe de espada é testada - Surto Olimpico

Anúncio

Anúncio

Três esgrimistas sul-coreanos estão com coronavírus e equipe de espada é testada

Compartilhe

Três esgrimistas da seleção nacional da Coreia do Sul estão infectados com o novo coronavírus, segundo a agência de notícias do país Yonhap.

Uma esgrimista de 25 anos teria reclamado de dores de garganta durante o Grand Prix de Espada, disputado na Hungria entre os dias 6 e 8 de março, no qual Nathalie Moellhausen ficou em 9º lugar e Amanda Netto Simeao em 55º.

No dia 17, três dias após o retorno da equipe da Europa, a sul-coreana realizou o teste para o Covid-19 em um centro médico de Ulsan, Sudeste de Seul e deu positivo. A identidade da atleta está sendo mantida em sigilo, mas apenas uma das dez esgrimistas presentes na Hungria tem a idade informada pela Federação de Esgrima da Coreia. Ao total, 20 atletas do país participaram da competição na Hungria. 

Outros dois atletas também foram testados com resultado positivo, mas nenhuma outra informação sobre a identidade foi divulgada, além de que “ficaram no mesmo hotel e dividiram uma bebida. Estamos muito preocupados que existam mais casos confirmados na seleção”, de acordo com um membro da delegação.

Todos os membros da seleção nacional que foram à Europa com a paciente foram enviados a suas casas para serem mantidos isolados, de acordo com a federação. Os 26 atletas e técnicos realizaram testes e a federação ainda aguarda os resultados dos demais membros. Um resultado deu negativo.

A Federação de Esgrima da Coreia do Sul já notificou o caso ao Comitê Olímpico e Esportivo Coreano. A Coreia do Sul é um dos países mais afetados pelo Coronavírus com mais de 8.500 casos confirmados e 91 mortes até à tarde desta quinta-feira.

Foto: Augusto Bizzi / FIE

Nenhum comentário:

Postar um comentário