Últimas Notícias

Australian Open 2020 - Dia 1


Começou em Melbourne o Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada. O primeiro dia foi prejudicado pela chuva, que suspendeu e cancelou diversas partidas. Apenas os jogos das quadras principais não tiveram sua programação prejudicada, por possuírem teto retrátil.

Masculino:

Atual campeão e maior vencedor do torneio, o sérvio Novak Djokovic, segundo cabeça de chave, começou sua caminhada rumo ao oitavo título com uma dura vitória sobre o alemão Jan-Lennard Struff por 3 a 1 (7-6(5), 6-2, 2-6 e 6-1), em duas horas e dezesseis minutos de jogo. Esta foi a vitória de número 900 da carreira de Djokovic.

Já o suíço Roger Federer, terceiro cabeça de chave, teve mais tranquilidade e venceu o americano Steve Johnson por 3 a 0 (6-3, 6-2 e 6-2). Outro que teve um triunfo tranquilo foi o grego Stefanos Tsitsipas, sexto cabeça de chave, que despachou o italiano Salvatore Caruso por 3 a 0 (6-0, 6-2 e 6-3). Oitavo cabeça de chave, o italiano Matteo Berrettini também não teve dificuldades para passar pelo australiano Andrew Harris por 3 a 0 (6-3, 6-1 e 6-3).

A primeira grande surpresa da chave masculina foi a eliminação do canadense Denis Shapovalov, cabeça de chave 13, para o húngaro Marton Fucsovics por 3 a 1 (6-3, 6-7(7), 6-1 e 7-6(3)), em três horas e onze minutos de partida.

Outros resultados:
[18] Grigor Dimitrov [BUL] 3-1 Juan Ignacio Londero [ARG] [4-6, 6-2, 6-0, 6-4]
[22] Guido Pella [ARG] 3-0 John-Patrick Smith [AUS] [6-3, 7-5, 6-4]
Sam Querrey [USA] 3-0 [25] Borna Coric [CRO] [6-3, 6-4, 6-4]
[30] Daniel Evans [GBR] 3-2 Mackenzie McDonald [USA] [3-6, 4-6, 6-1, 6-2, 6-3]
Ricardas Berankis [LTU] 3-0 Roberto Carballes Baena [ESP] [6-4, 6-2, 6-2]
Philipp Kohlschreiber [GER] 3-0 Marcos Giron [USA] [7-5, 6-1, 6-2]
Gregoire Barrere [FRA] 3-1 Mohamed Safwat [EGY] [6-7(8), 7-6(1), 6-4, 7-6(5)]
Yoshihito Nishioka [JPN] 3-1 Laslo Djere [SRB] [6-4, 3-6, 6-2, 7-6(1)]


Feminino:

Atual campeã do torneio, a japonesa Naomi Osaka, terceira cabeça de chave, abriu a programação da Rod Laver Arena com uma vitória tranquila sobre a tcheca Marie Bouzkova por 2 a 0 (6-2 e 6-4), em uma hora e vinte minutos de jogo. 

A americana Serena Williams, oitava cabeça de chave, teve um triunfo ainda mais tranquilo, precisando de apenas 58 minutos para despachar o russa Anastasia Potapova por 2 a 0 (6-0 e 6-3). Na disputa de seu último Grand Slam, a dinamarquesa Caroline Wozniacki estreou também com vitória tranquila sobre a americana Kristie Ahn por 2 a 0 (6-1 e 6-3).

Número um do mundo e atuando em casa, Ashleigh Barty estreou vencendo de virada a ucraniana Lesia Tsurenko por 2 a 1 (5-7, 6-1 e 6-1). E em duelo de gerações, a jovem Coco Gauff derrotou a veterana Venus Williams por 2 a 0 (7-6(5) e 6-3)

Outros resultados:
[7] Petra Kvitova [CZE] 2-0 Katerina Siniakova [CZE] [6-1, 6-0]
[13] Petra Martic [CRO] 2-0 Christina McHale [USA] [6-3, 6-0]
[14] Sofia Kenin [USA] 2-0 Martina Trevisan [ITA] [6-2, 6-4]
Shuai Zhang [CHN] 2-1 [24] Sloane Stephens [USA] [2-6, 7-5, 6-2]
[25] Ekaterina Alexandrova [RUS] 2-1 Jil Teichmann [SUI] [6-4, 4-6, 6-2]
Sorana Cirstea [ROU] 2-0 [32] Barbora Strycova [CZE] [6-2, 7-6(5)]
Paula Badosa [ESP] 2-0 Johanna Larsson [SWE] [6-1, 6-0]
Julia Goerges [GER] 2-0 Viktoria Kuzmova [SVK] [6-1, 6-2]
Saisai Zheng [CHN] 2-0 Anna Kalinskaya [RUS] [6-3, 6-2]
Catherine McNally [USA] 2-0 Samantha Stosur [AUS] [6-1, 6-4]
Ann Li [USA] 2-0 Lizette Cabrera [AUS] [7-6(4), 7-6(10)]
Barbora Krejcikova [CZE] 2-1 Kaia Kanepi [EST] [7-6(3), 2-6, 6-3]
Tamara Zidansek [SLO] 2-0 Na-Lae Han [KOR] [6-3, 6-3]
Lin Zhu [CHN] 2-1 Viktorija Golubic [SUI] [4-6, 6-1, 7-6(5)]

Fotos: Tennis Australia

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar