Guia do Mundial de Handebol Feminino 2017 - Grupo D


Chegamos à última parte do Guia, onde apresentamos as equipes do Grupo D, que tem a anfitriã da competição.

GRUPO D - Leipzig


 Holanda:
Participações: 10
Melhor participação: Vice-campeã em 2015
Campanha em 2015: Vice-campeã
Técnico: Helle Thomsen (DEN)

A Holanda se tornou uma grande força no cenário mundial a partir do último ciclo olímpico, em que foi vice-campeã mundial em 2015 e 4° lugar nos Jogos Olímpicos Rio 2016, tendo sigo algoz da Seleção Brasileira nas quartas de final. Para este Mundial, a Holanda vem com a dinamarquesa Helle Thomsen, que assumiu o comando da equipe após os Jogos do Rio e em seu primeiro grande torneio com a seleção, foi vice-campeã europeia no fim do ano passado. Os principais nomes da equipe são a goleira Tess Wester e a armadora-central Nycke Groot, eleita a melhora jogadora do último Campeonato Europeu.


 Alemanha:
Participações: 20
Melhor participação: Campeã em 1993
Campanha em 2015: 13° lugar
Técnico: Michael Biegler

Anfitriã desta edição do Mundial, a Alemanha não sobe ao pódio do torneio desde 2007 e tem a oportunidade de jogar em casa para acabar com a escrita e quem sabe até mesmo conquistar o título que não vem desde 1993. Nas outras duas vezes que sediou a competição, a Alemanha também chegou ao pódio, ficando com a medalha de bronze. Para chegar ao pódio novamente, a Alemanha trouxe Michael Biegler para comandar a equipe. Biegler dirigiu a seleção polonesa masculina no último ciclo olímpico. As principais destaques da equipe são a goleira Clara Woltering e a armadora-central Anna Loerper.


 Sérvia
Participações: 14 (contando com as participações da ex-Iugoslávia e Sérvia e Montenegro)
Melhor participação: Campeã em 1973 (como Iugoslávia)
Campanha em 2015: 15° lugar
Técnico: Ljubomir Obradovic

A Sérvia depois dos seus desmembramentos só fez uma grande campanha, que foi quando sediou a competição em que foi vice-campeã de 2013, perdendo para o Brasil na decisão. A seleção agora é dirigida por Ljubomir Obradovic, que dirigiu a seleção de Montenegro entre 2014 e 2016. As destaques do time são a armadora-central Andrea Lekic, eleita a melhor jogadora do ano pela IHF em 2013, e a ponta direita Katarina Krpez Slezak.


 Coreia do Sul
Participações: 15
Melhor participação: Campeã em 1995
Campanha em 2015: 14° lugar
Técnico: Kang Jae-Won

A Coreia do Sul é, junto com o Brasil, as únicas seleções fora do velho continente a já terem levantado a taça do Mundial. A seleção sul-coreana é considerada uma equipe chata de se enfrentar, por ser uma equipe de uma boa disciplina tática, com uma forte defesa e um contra-ataque veloz. Os principais nomes da equipe são a armadora-central Gwon Han-na e a armadora-direita Ryu Eun Hee.


 China:
Participações: 14
Melhor participação: 8° lugar em 1990
Campanha em 2015: 17° lugar
Técnico: Yang Liu

A China não passa da primeira fase em Mundiais desde 2009, quando sediou a competição. Para repetir a dose, o dinamarquês Jesper Holmris assumiu o comando da equipe, que tem como destaques a ponta direita Zhang Haixia e e armadora-esquerda Xiaoqing Li.


 Camarões:
Participações: 1
Melhor participação: 22° lugar em 2005
Campanha em 2015: Não participou
Técnico: Jean-Marie Zambo

Camarões é a seleção menos experiente em Mundiais, tendo participado uma única vez em 2005. O grande objetivo da equipe é melhorar o 22° lugar obtido no Mundial em que a seleção disputou. A maioria das jogadoras atua no handebol local. O principal nome da equipe é a goleira Abiabakon Berthe, que joga no handebol francês.

PARTIDAS DO GRUPO:

1°/12 - Sexta-feira
Alemanha x Camarões

02/12 - Sábado
Sérvia x China
Holanda x Coreia do Sul

03/12 - Domingo
Camarões x Sérvia
China x Holanda
Coreia do Sul x Alemanha

05/12 - Terça-feira
Coreia do Sul x China
Holanda x Camarões
Alemanha x Sérvia

06/12 - Quarta-feira
Camarões x Coreia do Sul
Sérvia x Holanda
Alemanha x China

08/12 - Sexta-feira
China x Camarões
Holanda x Alemanha
Sérvia x Coreia do Sul

Introdução - Regulamento e Sedes
Grupo A
Grupo B
Grupo C

Fotos: IHF

Postar um comentário

To Top