Comitê Organizador celebra sucesso dos Jogos Parapan-Americanos de Jovens - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Comitê Organizador celebra sucesso dos Jogos Parapan-Americanos de Jovens

Compartilhe
Os bons resultados dos atletas estreantes foram o destaque da coletiva de imprensa de encerramento dos Jogos Parapan-Americanos de Jovens São Paulo 2017, na sexta-feira (24). O Comitê Organizador da competição celebrou os números alcançados e o significado do evento no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro.

Participaram da coletiva o presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Andrew Parsons, além de Jose Luis Campo, presidente do Comitê Paralímpico das Américas (APC, em inglês) e Edilson Alves da Rocha, o Tubiba, diretor-técnico do CPB e diretor do Comitê Organizador Local. O trio foi acompanhado pelos atletas Gabriel Nascimento (natação), do Brasil, e Lucía Montenegro (atletismo), da Argentina.

“Agradeço ao Comitê Paralímpico das Américas por confiar ao Brasil, como Comitê Organizador Local, uma missão tão importante. Foi um honra ter reunido o que há de melhor nas Américas no Centro Paralímpico Brasileiro, este legado dos Jogos Paralímpicos Rio 2016. É fundamental que um legado como este sirva como primeiro estágio de jovens no esporte paralímpico”, disse Andrew Parsons.

“Pudemos mostrar aqui um caminho novo, fruto de organização, e por isso tenho de agradecer profundamente ao Brasil, que sempre colaborou com a região das Américas. Felicitamos o Comitê Organizador por todo o trabalho e a atenção destinada a todas as áreas”, completou Jose Luis Campo.
Do ponto de vista técnico, Tubiba destacou a quantidade de pessoas envolvidas na organização de um evento deste tamanho. O Parapan de Jovens São Paulo 2017 recebeu mais de 800 atletas, com idade entre 13 a 21 anos, de 19 países, em 12 diferentes modalidades.

“Felizmente, com um grande time, entregamos uma edição muito boa do Parapan. Foram 66 funcionários do LOC (Comitê Organizador Local), 180 voluntários, e é importante ressaltar o ótimo trabalho que fizemos de ter universitários aqui no CT. Tivemos ainda 12 delegados técnicos, 38 classificadores internacionais de diversas modalidades e 98 árbitros internacionais e outros 140 nacionais. Foi um desafio, mas posso dizer que os Jogos foram fantásticos”, afirmou.

Dois dos principais destaques da competição também falaram na coletiva de imprensa. O brasileiro Gabriel Nascimento, nadador da classe S11 (para deficientes visuais), e Lucía Montenegro, atleta da classe T54 do atletismo, compartilharam suas experiências na última semana.

“Fiquei um pouco de medo no começo, mas comecei a treinar aqui no Centro Paralímpico e ganhei um pouco mais de resistência. Fiquei bastante feliz com o resultado”, disse Gabriel, que faturou três ouros.

“Queria agradecer os meus pais, que estão sempre ao meu lado e fazem com que eu me sinta protegida enquanto estou competindo”, afirmou Lucia, que subiu duas vezes ao lugar mais alto do pódio.

A Cerimônia de Encerramento dos Jogos Parapan-Americanos de Jovens São Paulo 2017 acontece neste sábado, 25, às 18h, no Complexo do Anhembi.

Buenos Aires, Argentina, havia sido a sede da última edição dos Jogos, em outubro de 2013. Na ocasião, o evento atraiu 631 atletas, de 16 países, para competir em dez modalidades. O Brasil liderou o quadro de medalhas do Parapan de 2013 com 209 pódios, sendo 102 de ouro. A primeira edição do Parapan de Jovens foi em 2005, em Barquisimeto, Venezuela, e contou com atletas de dez países. Em 2009, 14 nações estiveram presentes em Bogotá, Colômbia.

Foto: CPB


Nenhum comentário:

Postar um comentário