Email descoberto por promotores franceses revela esquema de proteção a atletas russos - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Email descoberto por promotores franceses revela esquema de proteção a atletas russos

Compartilhe
A agência de notícias "Associated Press" teve acesso a um e-mail apreendido por promotores da França nesta sexta-feira (25) que detalhava um esquema fraudulento feito para proteger medalhistas russos e possibilitar que eles competissem nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, quando deveriam ter sido banidos por doping. A fraude em questão tinha até um codinome: "Projeto Proteção Total".

A mensagem estava com a data de 30 de julho de 2014 e foi enviada por um endereço usado por Valentin Balakhnichev (foto), então chefe da Federação Russa de Atletismo. O e-mail diz que oficiais da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), entidade que regulamenta a modalidade mundialmente, se uniram a autoridades russas no "Projeto Proteção Total". O esquema continuou em 2013, dizia a mensagem.

O interlocutor que seria o dirigente reclamava que alguns oficiais da Iaaf teriam desistido do acordo ao dar prosseguimento a investigações de casos de doping contra seis atletas russos. Balakhnichev foi informado da situação através de outro e-mail ao qual a AP também teve acesso. 

"Não ficaremos quietos. Não fomos nós que começamos isso. Foi um projeto da Iaaf, e a Iaaf deverá ser vítima-chave em um escândalo futuro. Temos evidências suficientes que provam as atividades criminais das pessoas da Iaaf " dizia o então chefe da Federação Russa de Atletismo em um e-mail de resposta. 

O presidente da Iaaf naquela ocasião era o senegalês Lamine Diack, agora sob investigação na França por lavagem de dinheiro e corrupção. O e-mail foi encontrado pelas autoridades francesas em Paris, durante uma operação de cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa de Habib Cisse, um advogado que era conselheiro legal de Diack. Cisse também está em investigação no país, encarando acusações de receber pagamentos corruptos, fato negado por ele.

Em um testemunho postado nesta sexta-feira em sua conta verificada do Facebook, Balakhnichev disse que não escreveu nenhum e-mail e acredita que sua "correspondência foi falsificada". Ele foi banido do atletismo por toda a vida por sua participação na extorsão da corredora Liliya Shobukhova. 

O "Le Monde" reportou que uma carta escrita por Balakhnichev em junho de 2014 falava que representantes da Iaaf tinham inventado o 'Projeto Proteção Total'."Acho que a única maneira de evitar um escândalo enorme sobre inúmeras violações de casos de doping, que complicariam inúmeros oficiais da Iaaf, é continuar deixando a situação escondida, assim como tem sido em todos esses anos', dizia a matéria do jornal francês, replicando a suposta carta.

A Iaaf, agora comandada por Sebastian Coe, não vai comentar detalhes sobre o caso. Em dezembro, o professor Richard H. McLaren, que elaborou um relatório que acusava o governo russo de organizar e encobrir o doping em massa de seus atletas, vai apresentar a segunda parte de sua investigação, de acordo com um anúncio oficial feito pela Agência Mundial Antidoping (Wada) no fim de outubro.


foto: Getty Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário