Nuzman reivindica para o COB medalhas brasileiras de Pequim 2008

O Comitê Olímpico Brasileiro, por meio do presidente Carlos Arthur Nuzman, decidiu entrar em contato com o Comitê Olímpico Internacional e enviou uma carta ao comandante do órgão, Thomas Bach, reivindicando as medalhas de bronze que o time brasileiro que competiu na prova de 4x100m feminino durante os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, tem direito.

Na ocasião, a equipe do Brasil terminou a prova na quarta posição, fora do pódio, atrás de Rússia, Bélgica e Nigéria. No entanto, o time russo, que conquistou a medalha de ouro, teve sua medalha revogada devido a um teste positivo de doping de uma de suas atletas, Yulia Chermoshanskaya, o que deixa o quarteto brasileiro com a terceira melhor marca, e portanto, com o direito de receber o bronze.

Como ainda não houve um contato do COI informando ao Brasil sobre o recebimento da medalha para as suas corredoras, Nuzman resolveu se pronunciar, pedindo esclarecimentos sobre quando serão entregues as merecidas premiações.

Foto: Getty Images
Fonte: www.espn.com.br


APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top