Últimas Notícias

Mundial de Tênis de Mesa por Equipes 2016 - Dia 3


A terça-feira em Kuala Lumpur, na Malásia, reservou mais uma vitória brasileira no masculino e nova derrota no feminino na penúltima rodada da primeira fase.

Na primeira divisão feminina o Brasil ainda roubou games da República Tcheca em todos os três jogos, mas não foi o suficiente para evitar uma derrota por 3 a 0. Bruna Takahashi novamente foi destaque, ao forçar jogo de cinco games contra Iveta Vacenovská.

Na quarta as brasileiras enfrentam a Tailândia para escapar do último lugar do grupo.

Já na segunda divisão masculina o Brasil segue sem grandes ameaças. Thiago Monteiro até chegou a perder o primeiro jogo por 3 a 2, mas duas vitórias de Hugo Calderano e uma de Gustavo Tsuboi deram à equipe brasileira o placar final de 3 a 1 no confronto.

Na quarta os brasileiros pegam o Irã, segundo colocado, no encerramento da fase de grupos.

Na primeira divisão masculina a Alemanha, atual medalhista de bronze por equipes nas Olimpíadas, sentiu novamente a ausência de Ovtcharov. Os alemães perderam por 3 a 1 para a Inglaterra. O resultado só não foi todo ruim porque a França fez 3 a 2 na Suécia e embolou o grupo para a rodada final. Das quatro equipes, três vão passar de fase.

A surpresa do dia foi a vitória da Rússia para cima de Hong Kong no grupo D.

Jogos do Brasil (01/03):

Feminino (Championship Division):
 3x0 
Iveta Vacenovská 3–2 Bruna Takahashi
Hana Matelová 3–1 Caroline Kumahara
Dana Čechová 3–1 Lin Gui

Masculino (2ª divisão):
 3x1 
Thiago Monteiro 2–3 Padasak Tanviriyavechakul
Hugo Calderano 3–0 Supanut Wisutmaythangkoon
Gustavo Tsuboi 3–0 Sirawit Paungthip
Hugo Calderano 3–0 Padasak Tanviriyavechakul

Foto: ITTF

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar