Diretor executivo do COI diz que mergulharia sem problemas na Baía de Guanabara


O diretor-executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI), Christophe Dubi, disse na última sexta-feira 22 que não se furtaria a um mergulho nas águas da Baía de Guanabara para provar que ela não é tão poluída assim.

A Baía, que receberá as provas de Iatismo nos Jogos Olímpicos de 2016, tem sido bastante criticada pela sua poluição e a ISAF (Federação Internacional de Iatismo) chegou a cogitar colocar as provas Olímpicas em mar aberto.

De acordo com Dubi, o local estará 80% até as datas das competições: "o objetivo final segue 80%. Se isso será atingido logo antes dos Jogos ou logo depois, é um compromisso que permanece e que ficará de legado". 

"Não discutimos um plano B. O evento-teste (programado para agosto deste ano) acontecerá conforme o plano original, com três raias dentro da baía e duas fora. Não falamos absolutamente nada sobre um plano B", afirmou o suíço. 

0 Comentários