Destaque da seleção de polo aquático, Felipe Perrone lança projeto social no Rio de Janeiro


Além de voltar a defender a camisa da seleção, um dos motivos que fez Felipe Perrone optar pela repatriação foi poder ajudar no desenvolvimento social do seu país através do esporte. Nesta quinta-feira, o sonho virou realidade. Um dos principais nomes do polo aquático mundial, que defendeu a Espanha por dez anos, lançou o projeto social "Polo Aquático do Futuro", que beneficiará 100 crianças de Vicente de Carvalho, Zona Norte do Rio de Janeiro.
.
- Contar com essa estrutura maravilhosa e ter a participação das crianças é só o começo. A prática do polo aquático como formação e inclusão social pode gerar novos talentos, e isso é muito bom. Agora, o mais importante, além de treinar, é se divertir - disse Perrone, durante uma conversa com os jovens atletas, após a partida de estreia do projeto.

Além de Felipe Perrone, o lançamento da iniciativa contou com a presença de outros atletas da seleção brasileira, como Rudá Franco e Guilherme Gomes, e representantes da Federação Aquática do Rio de Janeiro (FARJ), da Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos (CBDA), do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Conselho Estadual de Direitos de Crianças e Adolescentes (CEDCA).

O objetivo do projeto realizado pelo Sistema Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) vai muito além do esporte. Usando a modalidade apenas como "isca", a ideia é promover através dela a evolução social, na saúde, na educação e no lazer. Os alunos e seus familiares participarão de atividades que terão como base respeito, disciplina, cidadania, ética, convívio em grupo, integração com a família e comunidade e no desempenho escolar. As aulas ocorrerão duas vezes por semana. Os participantes, além de contar com a infraestrutura da Unidade do Sesi de Vicente de Carvalho, receberão material esportivo e lanche.  


Foto: Divulgação
Fonte: Globoesporte.com

Postar um comentário

To Top