Com réplica de pista e campeãs do lado, Isabel Clark faz simulação de Sochi - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Com réplica de pista e campeãs do lado, Isabel Clark faz simulação de Sochi

Compartilhe




Pela frente, a réplica da largada da Copa do Mundo de Sochi, que, imagina-se, deva ser repetida no Jogos Olímpicos de Inverno. De um lado, a atual campeã olímpica e mundial. De outro, a campeã da Copa do Mundo e vice mundial. Não que seja preciso, mas todas as inspirações que Isabel Clark poderia ter para Sochi 2014 estavam ao redor dela na última sexta-feira, no Valle Nevado, no Chile.

"A gente se encontra em todas as etapas da Copa do Mundo e desde o ano passado tem compartilhado vários dias de treinos. É muito legal poder ter esse intercâmbio de treino, um pouco de troca de experiências porque tenho grandes exemplos aqui e é mais desafiante do que o treino sozinha. Mas na pista é cada um por si, não rola tanta camaradagem. Quanto mais atleta de ponta treinando junto, melhor. Um vai puxando o outro, e no final todo mundo sai ganhando" – afirmou Isabel.

Os canadenses Maelle Ricker (campeã olímpica em Vancouver-2010 e no Mundial de 2013), Dominique Maltais (campeã da Copa do Mundo em 2012/13, vice do Mundial de 2013 e broze nas Olimpíadas de Torino 2006), Jasey-Jay Anderson (campeão olímpico em Vancouver 2010 e tetracampeão mundial) e Chris Robanske (campeão de uma etapa da Copa do Mundo em 2013) estão no Chile para um período de treinos, já que é verão no hemisfério norte. Aproveitaram para treinamentos em conjunto com a principal atleta brasileira de inverno e com seu técnico, o chileno Iván Fuenzalida.

"Eu não acho que tenha que esconder nada de Dominique ou da Isabel. Acho que todo mundo deveria tentar aumentar o nível do esporte, e uma empurrar a outra para isso" – destacou Maelle.

Fuenzalida, aliás, mostrou otimismo depois do primeiro dia de treinos ao lado da equipe canadense, comandada pelo francês Marcel Mathieu no Chile.

"A gente pode ver o nível de performance das outras meninas, o nível de performance delas. Hoje, por exemplo, podemos ficar tranquilos porque hoje a Isabel estava descendo melhor do que a campeã olímpica neste treino específico. As campeãs olímpicas estão aqui essa semana, mas estamos trabalhando a temporada inteira fazendo trabalhos muito específicos, no nível de uma Copa do Mundo. Fizemos uma cópia da partida usada na última Copa do Mundo em Sochi" – explicou o treinador.

Fonte: Globoesporte.com
Foto: Leo Velasco

Nenhum comentário:

Postar um comentário