Surto História: O Monstro das Ondas Soviético - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias







O filho de um capitão de barco, Vladimir Salnikov (RUS) era apelidado de "O Monstro das Ondas". Se existiu algum nadador não foi afetado pelo boicote dos EUA nos Jogos de Moscou em 1980, esse nadador era Salnikov.

Em 1979, ele havia batido o recorde mundial dos 400m livres, que pertencia a Brian Goddell (USA), e desde então, não havia sido mais derrotado nas provas.

A única questão na mente da pessoas que estavam na piscina Olímpica, em Moscou, para acompanhar a final Olímpica dos 1500m livres era o quão rápido podia nadar Salnikov? Era óbvio que ele queria bater o recorde de Goddell na frente das 8.000 pessoas presentes. 

Então Salnikov tomou a liderança desde o principio e nadou feito um relógio: 5:00.23 após 500m, 10:00.85 após os 1.000m e após os 1.100m, ele começou a aumentar a velocidade e a força de suas braçadas, para fazer os ultimos 100m em 58.50 e fechar a prova em inacreditáveis 14:58.27, o primeiro homem a nadar a prova abaixo dos 15 minutos.

O homem de São Petersburgo (RUS) conquistou mais duas medalhas de ouro: Uma nos 400m livres e o revezamento 4x200m. Em 1981, ele se tornou o primeiro nadador a nadar os 800m abaixo dos 8 minutos (7:56.49) e não perdeu nenhuma de 61 provas até 1986.

Salnikov ainda ganhou mais uma medalha de ouro, novamente nos 1500m nos Jogos de 1988, em Seul e permaneceu detentor do recorde na prova até 1991, quando foi superado por Jorg Hoffmann (GER) no Campeonato Mundial de Natação, em Perth (AUS).

Nenhum comentário:

Postar um comentário