Brasil terá 30 skatistas na luta pelo título Mundial de Skate Street


O skate brasileiro será representado por 30 atletas no World Skate Street League Skateboarding World Championship, competição mais importante da primeira janela olímpica da modalidade. Onze skatistas chegam entre os pré-classificados por figurarem entre os 20 melhores do ranking mundial. Os demais 19 representantes do Brasil entraram via wild card da World Skate ou indicação da Confederação Brasileira de Skate. O evento acontece de quinta (19) a domingo (22), no Parque do Anhembi, em São Paulo.

No masculino, Kelvin Hoefler (4º do ranking mundial) entra direto na semifinal – oito avançam –, vaga assegurada aos quatro primeiros do ranking. Giovanni Vianna (11º), Felipe Gustavo (13º), Carlos Ribeiro (14º) e Ivan Monteiro (18º) têm lugar garantido nas quartas de final – 20 seguem nas disputas – por figurarem entre o 5º e o 20º melhores colocados do ranking.

“O Mundial é muito positivo para o skate nacional. Acredito que vai deixar o skate em evidência na mídia e o público brasileiro vai ter a oportunidade de ver de pertinho um evento de grande porte mundial”, destaca Kelvin Hoefler.

Lucas Xaparral, Patrik Mazzuchini, Lucas Rabelo, Tiago Lemos, Luan de Oliveira, Gabriel Fortunato, Lucas Alves, Lehi Leite, Rogério Febem, Danilo do Rosario, Rodil Ferrugem, Silas Bisteca e Mike Dias são os representantes do masculino que não estavam entre os pré-classificados. Todos esses atletas entram nas disputas das classificatórias globais – 20 mais bem colocados vão para as quartas.

No feminino, Pamela Rosa (1ª do ranking mundial), Rayssa Leal (2ª) e Leticia Bufoni (3ª) têm lugar assegurado na semifinal – oito melhores vão para a decisão. Virgínia Fortes Águas (9ª), Gabriela Mazetto (15ª) e Isabelly Ávila (16ª) entram nas quartas de final – 20 melhores seguem nas disputas.

"Para o Brasil é a afirmação como força de mais uma modalidade olímpica, e reconhecimento profissional com mais patrocinadores. Para os skatistas que participarem, a melhor oportunidade de exposição para o mundo com a vibração da torcida, podendo render pontuação para as Olimpíadas e reconhecimentos como melhores patrocínios. E para os demais será a chance de ver de perto os grandes nomes desse esporte maravilhoso!", ressalta Pamela Rosa.

Karen Feitosa, Marina Gabriela, Giovana Dias, Isabelle Menezes, Jéssica Hoefler e Ariadne Souza formam a relação de brasileiras que não estavam entre as pré-classificadas. Todas entram nas classificatórias globais – 20 melhores avançam.

Foto: Julio Detefon

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes