Novo formato proposto para a Escalada Esportiva nos Jogos de 2024


Todos os que reclamaram nos últimos dois anos sobre o formato olímpico de escalada parecem ter feito do seu descontentamento uma voz: a notícia venho na última semana de que o Comitê Organizador para os Jogos Olímpicos de 2024 em Paris propôs a inclusão da escalada novamente, mas sugeriu a divisão do atual formato Combinado em dois eventos distintos - uma competição combinada de dificuldade e de bloco e velocidade "independente". 

Se a escalada fizer o corte para Paris 2024 - como é esperado -, este formato ajustado também significará mais medalhas e mais atletas.

Um comunicado de imprensa no site do IFSC explica as mudanças que a nova proposta traria: “Paris 2024 planeja enriquecer a modalidade em 2024 expandindo de uma a duas competições distintas, distribuindo entre seis e doze medalhas e 40 a 72 atletas no total. Sob a proposta, 16 mulheres e 16 homens competiriam por seis medalhas na disciplina velocidade; 20 mulheres e 20 homens competiriam por seis medalhas com base na combinação de resultados nas disciplinas bloco e dificuldade”.

Antes disso tudo, porém, a escalada deve ser apresentado ao Comitê Executivo do COI no final de março. Se tudo correr bem lá, no final de junho, o COI decidirá se incluirá ou não a escalada - e se esta nova proposta será implementada - em Paris, em 2024.

Não só esta notícia é certeza de agradar muitos fãs, os próprios atletas já estão apoiando a ideia. "Muita discussão certamente virá, mas estou super feliz por ainda estarmos crescendo dentro do movimento olímpico com mais medalhas e atletas", escreveu o alpinista canadense Sean McColl no Instagram: "Com a velocidade sendo separada dos outros dois, os especialistas nessa disciplina certamente vão se desenvolver".

Foto: Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes