Últimas Notícias

Campeão mundial no judô para cegos exalta estrutura do CT Paralímpico durante fase de treinamentos às vésperas de Paris

Campeão mundial no judô exalta estrutura do CT Paralímpico durante fase de treinamentos às vésperas de Paris
Foto: Alessandra Cabral/CPB 



A Seleção Brasileira de judô paralímpico está na sua quinta fase de treinamentos do ano, a penúltima antes da viagem da delegação para os Jogos Paralímpicos de Paris 2024.

A comissão técnica chamou 20 atletas para as atividades no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Destes, seis são mais jovens e estão sendo preparados já para o próximo ciclo – Los Angeles 2028. A etapa de treinos acontece até 4 de julho.

Entre os mais experientes está o campeão do mundo Wilians Araújo, 32. O paraibano foi medalhista de ouro no Mundial de Baku, Azerbaijão, em 2022, e prata nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016. Eleito o melhor atleta masculino no Prêmio Paralímpicos 2022, o judoca elogiou a fase de treinamentos e a estrutura disponibilizada no CT.

“É reta final de preparação e é muito bom estar concentrado no CT Paralímpico. Aqui, a gente vive o tempo inteiro na rotina de alto rendimento. Treinamos, comemos e descansamos no complexo. Não temos o desgaste com deslocamento. É uma estrutura sensacional. Costumo dizer que não troco o CT por nenhum hotel do mundo. Só pela minha casa [risos]”, disse Wilians, que completou: “Então, a gente consegue dar o máximo nos treinos. Vivemos um momento de retoque final. O volume das atividades está bem intenso e espero chegar bem aos Jogos de Paris. Pretendo colocar meu nome na história e trazer mais uma medalha para o Brasil”.

Os judocas brasileiros terão ainda uma última fase de treinamentos, em agosto, pouco antes da viagem à França. Vale lembrar que o judô paralímpico é uma das modalidades que mais rendeu medalhas ao país na história dos Jogos. Foram 25 ao todo, sendo cinco ouros, nove pratas e 11 bronzes.

A convocação oficial dos atletas da modalidade para Paris 2024 será feita no dia 11 de julho

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar