Últimas Notícias

Campeões!! Marcelo Melo e Rafael Matos viram final e são campeões em Stuttgart; Victoria Barros é vice em J300

 

Foto: Boss Open
Na final da primeira semana da abertura da temporada de grama, neste domingo (16), dois torneios alemãos tiveram brasileiros nas finais. Marcelo Melo e Rafael Matos se tornaram campeões do ATP 250 de Stuttgart ao baterem Cash/Galloway por 3/6 6/3 10-8. No  J300 de Bamberg, a juvenil Victoria Barros foi vice-campeã para japonesa.

Para conquistarem o ATP 250 de Stuttgart, Marcelo Melo e Rafael Matos viraram sobre a dupla do britânico Julian Cash e do estadunidense Robert Galloway e marcaram 3/6 6/3 10-8 em 1h17m. A parceria de Cash e Galloway começou na frente após furar o saque dos brasileiros em 3/2, sem serem pressionados, o inglês e o estadunidense marcaram 6/3 e 1x0.

Melo e Matos não sentiram a desvantagem e iniciaram o segundo set com 3/0, perdendo set point em 5/2, os brasileiros fecharam a segunda parcial em 6/3 e 1x1 na série. No tie-break, Rafael e Marcelo desperdiçaram dois match points e finalizaram o jogo com 10-8 e 2x1. O título foi o 38° de Melo e o 8° de Matos em nível ATP.

No J300 de Bamberg, a sensação juvenil Victoria Barros foi vice-campeã ao perder para a japonesa Mayu Crossley por 6/4 7/5. A diferença da idade das tenistas é o destaque, Victoria tem 14 anos e Mayu 18. A brasileira se aproxima do ranking de entrada na chave principal de slams juvenis.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar