Últimas Notícias

Brasileiros conhecem chaves no card principal do Grand Slam de Wimbledon

 

Foto: REUTERS/Hannah McKay
As chaves do terceiro Grand Slam da temporada foram sorteadas e os brasileiros descobriram seus confrontos em Wimbledon, Inglaterra. Ao todo, serão 9 tenistas na grama sagrada, Bia Haddad Maia, Thiago Monteiro, Thiago Wild, Luisa Stefani, Ingrid Martins, Felipe Meligeni, Marcelo Melo, Rafael Matos e Fernando Romboli.

Na chave masculina de simples, o qualifier Felipe Meligeni enfrenta o croata Borna Coric, Thiago Wild, que entrou direto, disputa a estreia contra o convidado inglês Paul Jubb, finalizando Thiago Monteiro alinha no lado oposto da rede do australiano Alexei Popirin. Nas duplas entre os homens, Fernando Romboli faz parceria com o italiano Luciano Darderi e enfrenta os alemãos, cabeças de chave 8, Tm Puetz e Kevin Krawietz, enquanto Marcelo Melo e Rafael Matos enfrentam os ingleses convidados Jacob Fearnley e Jack Pinnington Jones.


Buscando uma campanha boa para se recuperar da má fase, Bia Haddad Maia joga na estreia contra polonesa Magdalena Frech, nas duplas, ao lado da carioca Ingrid Martins, estreia diante das russas Irina Khromacheva e Kammila Rakhimova. Luisa Stefani e a neerlandesa Demi Schuurs vão brigar por vaga na segunda rodada contra inglesa Olivia Nicholls e a eslovaca Tereza Mihalikova. As chaves juvenis e de tênis em cadeira de rodas, para chaves prévias e principais de simples e duplas, ainda vão ser sorteadas com brasileiros garantidos.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar