Últimas Notícias

Novak Djokovic, Frances Tiafoe e Taylor Fritz vencem na chave masculina do U.S. Open; Iga Swiatek e Coco Gauff avançam em sets diretos

Novak despachou Zapata em 1h59m. Foto: Aaron Favila/AP)

No terceiro dia de US Open, Novak Djokovic venceu Zapata Miralles por 6/4 6/1 6 /1 em menos de duas horas e está na terceira rodada. Taylor Fritz venceu o peruano Varillas por 6/1 6/2 6/2 avançando para mais uma fase do torneio. Perdendo mais games entre os top-10, Frances Tiafoe marcou 6/3 6/1 6/4 em Ofner no menor tempo de partida, 1h32m. Casper Ruud e Stefano Tsitsipas caíram em 5 sets para Zhang e Stricker, respectivamente.

Iga Swiatek teve mais trabalho do que na primeira rodada precisando de 1h34m para derrotar Saville por 6/3 6/4. Elena Rybakina avançou com o walkover de Tomljanovic para chegar a terceira rodada. Coco Gauff bateu Andreeva pelas parciais 6/3 6/2 em 1h16m. Karolina Muchová despachou Frech por duplo 6/3. Confira os principais resultados:

Novak Djokovic(2) não teve dificuldade para bater Bernabe Zapata Miralles, o primeiro set foi de ajuste e baixo ritmo para o n°2 do mundo, disputando longos games contra o espanhol, demorou 48 minutos para abrir 6/4. Marcou 5 aces e salvou 2/2 quebras. O segundo set mostrou Nole mais tranquilo e com sua estratégia definida, ganhou 6 games seguidos e fez Zapata salvar 3/6 quebras no período. Perdeu 4 game points, mas não foi ameaçado. Na terceira parcial, Miralles voltou ao jogo e forçou Djokovic a salvar 4 quebras, sofrendo duas. Novak manteve o jogo e fechou 6/1 para enfrentar o cabeça de chave 32 Laslo Djere.

No último jogo da Louis Armstrong Stadium, Taylor Fritz(9) não tomou conhecimento de Juan Pablo Varillas, no primeiro set fez 3 aces e não teve o saque ameaçado, em 25 minutos abriu o placar de 6/1 sobre o peruano. O segundo período teve mais ação do sul-americano, ameaçando o saque do estadunidense três vezes, sem haver quebra, Varillas fez Fritz suar no 6° game em um longo game com dois break points salvos e três perdidos, melhor para o estadunidense que abriu 6/2 no final. O último set foi equilibrado até Taylor quebrar Juan Pablo duas vezes e ganhar os últimos 5 games marcando 6/2. Vai jogar contra o qualifier Jakub Mensik.

Em 1h32m, Frances Tiafoe(10) venceu Sebastian Ofner que apenas salvou 1/6 quebras nos três sets da partida, no primeiro set Tiafoe perdeu 4 game points, mas não perdeu controle do período após quebrar o austríaco no 4° game. O segundo set diferiu, com Tiafoe acertando mais, apenas sofreu no 5° game, quando salvou 2 game points e virou para sacar para o jogo. Com mais equilíbrio e salvando o único break point do confronto, Frances marcou 3 aces, assim como Sebastian, e quebrou seu adversário no último game para vencer por 6/4 o terceiro set. Vai disputar a vaga na segunda semana contra Adrian Mannarino(22).

Casper Ruud(5) não foi páreo para Zhizhen Zhang, em cinco sets foi derrotado por 6/4 5/7 6/2 0/6 6/2 e está fora do US Open. O norueguês aplicou pneu, 18 aces e salvou 1/5 quebras durante o jogo, mas foi inferior ao jogo forte do chinês 67° do mundo.

Stefano Tsitsipas(7) foi derrotado pelos placares de 7/5 6/7(2) 6/7(5) 7/6(8) 6/3 pelo qualifier Dominic Striker após 4h4m de jogo, o suíço vitorioso na partida fez 11 aces contra 22 do grego, no entanto, salvou 4/8 breaks contra 7/13 do adversário. No jogo, os sets flutuaram entre 43 minutos e 1h, com exceção do último que durou apenas 34m

Tsitsipas perdeu set point no primeiro, no segundo recuperou e fez 7 pontos contra 2 de Striker no tie-break do segundo. O grego top-10 perdeu 2 set points no segundo e fechou o jogo em 2x1 com muita dificuldade. Voltando ao tie-brek no terceiro, após set com duas quebras para cada lado, Stefano salvou set point mas não impediu Dominic de fechar 7/6(8-6) e 2x2 no confronto. O último set foi desafiador, com longo 2° game, o cabeça de chave 7 não conseguiu manter o mesmo ritmo, diminuindo as trocações com Stricker que aproveitou a baixa para vencer por 6/2 3x2.

Iga sobra mais uma vez. Foto: Reprodução/Instagram:@iga.swiatek

A polonesa número 1 do mundo derrotou Daria Saville por 6/3 6/4 após 1h34m, com um primeiro set disputado, a polonesa foi quebrada duas vezes e não mostrou o domínio que era esperado, a australiana que entrou com ranking protegido perdeu três games de saque. Quando precisou, Iga não teve problemas para fechar o set a seu favor. No primeiro período, salvou três game points. O segundo set foi mais positivo para a favorita 1, apesar de perder break point, quebrou duas vezes a adversária e segurou a vantagem para fazer 6/4 após 54 minutos. Enfrenta a qualifier Kaja Juvan.


Coco Gauff(6) apresentou um ótimo tênis na Arthur Ashe ao bater Mirra Andreeva por 6/3 6/2. O primeiro set entre a estadunidense e a russa foi muito combativo com games longos e muitas viradas, destaque para a quebra acima de Gauff no 4° game, após troca de quebra nos primeiros 2 games, para cultivar vantagem e vencer o primeiro período. Andreeva salvou match point e forçou Coco a sacar para o set. No segundo, a estadunidense salvou duas quebras e devolveu com sucesso abrindo duas acima da adversária, Gauff venceu duas séries de três games no set para fechar o confronto em 2x0. Salvou 3 game points de vantagem no 5° game. 

A cabeça de chave 6 jogará contra Elise Mertens(32).
Karolina Muchová(10) fez 6/3 6/3 na polonesa Magdalena Frech após 1h19m. O jogo não teve muitos destaques, a tcheca não teve seu saque ameaçado e quebrou 3/4 vezes a adversária, com uma quebra no 1° e as demais no 2° set. A top-10 perdeu 2 set points e três games points durante o primeiro período. A segunda parcial começou e fechou com saques de Frech virando pontos para Muchová, que aumentou seu ritmo e pouco foi ameaçada para marcar 6/3 e fechar 2x0 no jogo. Karolina enfrenta Taylor Townsend, que eliminou Beatriz Haddad Maia.


Os brasileiros em ação nesta quarta-feira são Felipe Meligeni em simples, Bia Haddad, Marcelo Demoliner, Marcelo Melo e Luísa Stefani nas duplas. No quali do juvenil, Nicolas Oliveira, Gustavo Brito e Gustavo Almeida. Confira todos os detalhes no Surto Olímpico!

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar