Últimas Notícias

Estrela do basquete brasileiro, Kamilla Cardoso fala no 'Bola da Vez' sobre a cultura de evolução dos EUA

Kamilla durante a Americup feminina de 2021
Foto: Divulgação/FIBA

O Bola da Vez desta semana recebe a nova grande estrela do basquete brasileiro Kamilla Cardoso. A atleta da Universidade de South Carolina será o destaque da edição deste sábado (26) e fala sobre a cobrança constante por evolução atuando nos Estados Unidos. O programa vai ao ar às 22h na ESPN e contará com apresentação de André Plihal e uma bancada formada por Gláucia Santiago e a campeã mundial Helen Luz.

Pivô de 22 anos de idade e 2,01m de altura, Kamilla é uma das grandes esperanças da nova geração do basquete brasileiro. A atleta já coleciona em sua carreira feitos marcantes para o esporte nacional, sendo a primeira jogadora do Brasil a vencer a liga universitária dos Estados Unidos, considerada uma das mais prestigiadas do mundo, e sendo eleita a MVP da AmeriCup 2023, conquistada pela Seleção Brasileira em julho.

Atleta do atual campeão do College Basketball Feminino dos EUA, Kamilla fala sobre a exigência por desempenho na liga norte-americana: “Nós sempre somos cobradas por melhoras. Tanto que lá a gente não faz só os treinos coletivos, mas também o individual, só a atleta e o coach. A gente faz treino de pivô, armador e ala. Então nós sempre somos cobradas por evolução. Porque se você está treinando todos os dias, você tem que demonstrar evolução. Não tem como treinar, treinar assim e continuar a mesma pessoa”.

Kamilla também fala sobre o investimento em estrutura com equipe de treinadores, a análise do desempenho de cada atleta e organização aplicada no nível universitário do basquete norte-americano: “Temos reunião duas vezes por semana. Cada um tem seu coach, e ele fala: ‘Oh, Ka, você melhorou nisso, mas agora eu preciso que você arremesse melhor. Vamos para quadra fazer uns arremessos’. Eles estão sempre nos cobrando e nos mostrando no que a gente está evoluindo e no que a gente precisa trabalhar mais”.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar