Últimas Notícias

Em dia sem medalha, Ezequiel Correa bate recorde brasileiro no Mundial de halterofilismo

Ezequiel Correa foi o 9º colocado e anotou o novo recorde brasileiro da categoria | Foto:  Ale Cabral/ arquivo CPB 

 

A quinta-feira (24) não reservou nenhuma medalha para a equipe brasileira no Campeonato Mundial de Halterofilismo, no entanto, na categoria até 72kg, tivemos um novo recorde brasileiro anotado por Ezequiel Correa, suportando 186kg, dois a mais do que a antiga marca, e garantindo um lugar no top10 da competição. As disputas em Dubai, nos Emirados Árabes, começaram na terça-feira (22) e seguem até o dia 30 de agosto.

 

O Campeonato Mundial é etapa obrigatória para qualificação aos Jogos Paralímpicos de Paris 2024 e conta com 495 atletas de 78 países. A delegação brasileira se faz presente na disputa com uma equipe de 23 halterofilistas, e até aqui conquistou uma medalha de bronze na categoria adulta (veja como foi) e outra de ouro, entre os juniores (veja como foi), ambas com a mineira Lara Lima.

 

Ezequiel Correa competiu na categoria até 72kg e alcançou o recorde brasileiro no levantamento de 186 kg, dois a mais do que sua própria marca, garantindo ao catarinense a 9ª colocação em uma categoria que contou com a participação de 29 competidores. O ouro ficou com o malásio Bonnie Bunyau Gusti (231kg, novo recorde Mundial da categoria), a prata com o italiano Donato Telesca (202kg) e o bronze com o usbeque Bekzod Jamilov (200kg).

 

Ezequiel é o atual  campeão parapan-americano, com a medalha de ouro conquistada em Lima 2019, e agora volta as atenções aos treinamentos, com o objetivo de alcançar o bicampeonato continental no Parapan de Santiago, em novembro.

 

A quarta-feira ainda teve a participação de duas atletas brasileiras na categoria acima de 86kg. Márcia Menezes, bronze no Mundial de 2014, ficou na 11ª posição, com a marca de 117kg, enquanto Edilândia Araújo voltou a participar de um Mundial após 13 anos, suportou 123kg e ficou na 9ª colocação. O pódio da categoria foi formado pela chinesa Xuemei Deng, em primeiro lugar (150kg), pela egípcia Nadia Ali, em segundo (144kg), e pela polonesa Marzena Zieba, terceiro (137kg).

  

A competição segue nesta sexta-feira (25) com cinco brasileiros na arena de Dubai. O destaque vai para a carioca Tayana Medeiros, que disputa seu quarto Mundial e busca sua primeira medalha, na categoria até 86kg. A brasileira é a quinta colocada no ranking mundial. Além dela, o mineiro Mateus Silva, que tem no currículo a prata júnior no Mundial de 2017, na Cidade do México, compete na categoria até 107 kg. Ele é o oitavo colocado no ranking mundial.

 

O dia também marcará a estreia em Mundiais de três brasileiros. Na categoria acima de 107kg, compete o carioca Gustavo Souza, que conquistou a marca de halterofilista paralímpico brasileiro com maior peso levantado entre todas as categorias neste ano, 232 kg suportados. Também estão na expectativa por estrear nesta sexta-feira o mineiro Jean Rufino, que compete na categoria até 107kg e a potiguar Alane Lima, que estará ao lado de Tayana, na categoria até 86kg. 

  

Confira a programação dos brasileiros nesta sexta-feira, 25:

 Até 107 kg - Jean Rufino e Mateus Silva - 3h30

Até 86 kg - Alane Lima e Tayana Medeiros - 8h

Acima de 107 kg - Gustavo Souza - 12h25


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar