Últimas Notícias

Pia Sundhage aponta expectativa para a estreia do Brasil na She Believes Cup

Thaís Magalhães/CBF



A Seleção Brasileira feminina se prepara para entrar em campo, nesta quinta-feira (16), na estreia da She Believes Cup. No ano da disputa da Copa do Mundo, a técnica Pia Sundhage quer aproveitar todas as oportunidades que antecedem à competição para a preparação da equipe. 

Um dos pontos que a sueca destaca é a diversidade de adversários na caminha pré-Mundial. O oponente na estreia da competição, o Japão, será o primeiro confronto diante de asiáticos após a classificação para a Copa do Mundo. Na coletiva de imprensa desta quarta-feira (15), a treinadora destacou os pontos positivos das japonesas e como trabalha a equipe para neutralizá-los.

"Estamos preparando a equipe para jogar contra uma seleção muito organizada. Será muito importante acelerar a troca de passe, além disso, precisamos acertar também nosso posicionamento no ataque. Algo que temos falando muito é sobre desafiar a linha defensiva delas e vamos tentar quebrar a última e penúltima linha. Nos três primeiros dias falamos muito sobre ataque, hoje, também falamos sobre defesa porque o jeito que o Japão joga é mantendo a posse de bola, e é muito importante ter uma boa organização, mas mais que isso, sermos pacientes", destacou Pia. 

Para esta convocação, Pia conta com o retorno da atacante Marta à Seleção Brasileira. Após um longe período de recuperação de uma lesão no joelho, a camisa 10 está de volta justamente um ano depois da sua última atuação com a Amarelinha.

"Sobre a Marta, eu estou muito feliz pelo jeito que ela está aqui e não apenas dentro de campo, mas também fora dele. Ela tem uma energia extra! A Marta está ótima, participou de todos os treinos, bom... é a velha Marta de sempre, cheia de experiência. Algo que ela traz muito para esse time é o passe final, é claro que gostaríamos que ela atuasse em todos os minutos, mas não podemos, ela ainda não jogou uma partida inteira, mas a veremos em alguns minutos e espero que nos três jogos", acrescentou. 

Pia também aproveitou a oportunidade para falar de uma outra jogadora em especial, a meia Julia Bianchi. A volante que defendeu o Brasil na Olimpíada retorna à Seleção Brasileira após um período sem convocações. A sueca prometeu mudanças para o duelo contra o Japão e uma delas inclui a meio-campista. 

"Vamos mudar algumas coisas na equipe e uma das razões é porque precisamos de algumas respostas. Vamos ver, por exemplo, como a Júlia Bianchi atuará ao lado da Kerolin e das outras jogadoras próximas a ela, se ela ajustará um pouco o seu estilo de jogo. Veremos se ela é uma das peças desse quebra-cabeça. Temos muitas opções no meio-campo e talvez ela seja uma delas", finalizou.  

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar