Últimas Notícias

Brasil conquista vaga para Mundial de tênis em cadeira de rodas com equipe masculina

Brasileiros do tênis em cadeira de rodas posando para foto
Foto: Divulgação/CBT


A equipe masculina brasileira de tênis em cadeira de rodas se classificou para o Mundial da modalidade, na quinta-feira, 16. No Torneio Qualificatório, disputado em Puebla, México, o time derrotou todos os adversários.

Na final, contra a Costa Rica, os brasileiros venceram todos os três confrontos e garantiu a vaga na competição marcada para Vilamoura, em Portugal, no próximo mês de maio.

Na decisão diante dos costarriquenhos, o brasileiro Gustavo Carneiro venceu o primeiro duelo contra Steven Enriquez. Gustavo esteve à frente no placar durante toda a partida e perdeu apenas um game. Desta forma, fechou o jogo em 2 sets a 0: 6/0 e 6/1.

Para ele, a equipe cumpriu seu dever no México, mas, agora, já é hora de pensar no Mundial. “Todos nós sabemos da importância dessa classificação e de voltar a disputar entre os grandes, que é o lugar do Brasil. A nossa preparação começa agora”, disse.

Depois foi a vez de Daniel Rodrigues conquistar mais uma vitória para o Brasil. O mineiro superou José Pablo Gil, também por 2 sets a 0 (parciais 6/1 e 6/2), e confirmou a vaga brasileira. "Sabemos que é um torneio difícil, mas temos um time muito forte e capaz de superar qualquer adversidade”, comentou sobre o Mundial.

Com a classificação garantida, a dupla brasileira formada por Jucelio Torquato e Rafael Medeiros ainda derrotou os costarriquenhos Fabian Solis e Steven Enriquez, com um mais 2 sets a 0 (6/1 e 6/0).

O técnico da equipe brasileira, Raphael Oliveira, comentou sobre o Torneio Qualificatório: “Nós tivemos um ano muito bom em 2022, com semanas de treinamento para preparar bem todos os nossos tenistas e, agora, nós colhemos os resultados”, celebrou.

No Mundial de Portugal, o Brasil será representado por três das quatro categorias possíveis: masculino, feminino e Quad (para atletas com deficiências nos membros superiores). Nessa última categoria, no ano passado, o país conquistou uma medalha de bronze na competição. O time júnior ainda pode disputar por meio de wild card (convite), já solicitado para a Federação Internacional de Tênis (ITF).

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar