Últimas Notícias

Atletas russos são convidados a participarem de competições na África

Foto: Reuters / Alexander Demianchuk

 

O vice-ministro do Esporte da Rússia, Alexei Morozov, afirmou que os atletas de seu país foram convidados a disputar as competições esportivas no continente africano. O convite soma-se á oferta do Conselho Olímpico da Ásia (OCA) para a participação de atletas russos e belarrussos em suas competições.

 

O Comitê Olímpico Russo é membro do Comitê Olímpico Europeu (EOC), que acolheu a recente iniciativa do Comitê Olímpico Internacional (COI) de "explorar um caminho" para o retorno de atletas da Rússia e de Belarus sob "condições estritas" de neutralidade. No entanto, as viagens destes países pela Europa continuam difíceis devido às sanções e já está definido que russos e belarrussos não competirão nos Jogos Europeus de Kraków-Małopolska 2023.

 

Espera-se que os ministros europeus do esporte se reúnam na Grã-Bretanha na sexta-feira (10 de fevereiro) para discutir a mudança do COI e suas implicações para Paris 2024. Na Ásia, a OCA propôs que estes atletas competissem em seus eventos de qualificação para as Olimpíadas de Paris 2024, o que foi bem recebido pelo COI.

 

O presidente interino da OCA, Randhir Singh, insistiu que os atletas asiáticos não perderiam as vagas de acordo com os planos, embora ainda haja questões a serem resolvidas, como o World Archery expressando sua oposição à qualificação da Rússia e de Belarus na Ásia, e as Federações Nacionais destes países não tenha trocado oficialmente o corpo continental da Europa para a Ásia.

 

Conforme relatado pela agência oficial de notícias estatal russa TASS, o vice-Ministro Morozov revelou que houve uma oferta adicional para atletas russos e belarrussos participarem de competições africanas.

 

"A Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais da Ásia está esperando por nós em março. Há uma declaração semelhante de países africanos que se propõem unanimemente a nos permitir em suas competições. Estamos aguardando uma decisão do Comitê Olímpico Internacional [e] das Federações Internacionais sobre quais serão os critérios de admissão", disse Morozov.

 

A Associação de Comitês Olímpicos Nacionais da África (ANOCA) juntou-se ao EOC, OCA, Panam Sports e Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais para expressar seu apoio à posição do COI sobre Rússia e Belarus. O presidente da ANOCA e membro do COI, Mustapha Berraf, disse que o Comitê Executivo da ANOCA "decidiu por unanimidade apoiar a participação de atletas com passaporte russo e de Belarus em todos os eventos esportivos sob a bandeira da neutralidade".

 

Mustapha Berraf afirmou ainda que A ANOCA apoia totalmente as resoluções do Conselho Executivo do COI e confirma disponibilidade dos seus atletas e de todas as suas instalações desportivas africanas para que estes atletas possam competir. 


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar