Últimas Notícias

ITF encerra parceria na Copa Davis com o grupo de Gerard Piqué

Reprodução: REUTERS/Toby Melville

 

A Federação Internacional de Tênis (ITF) anunciou nesta quinta-feira (12) que está encerrando sua parceria na Copa Davis com o grupo de investimentos de Gerard Piqué, Kosmos, apenas cinco anos depois de um acordo de US$ 3 bilhões de dólares válido inicialmente por 25 anos.

 

Em meio a muita comemoração, a ITF  revelou em 2018 que havia fechado um acordo que prometia investir cerca de US$ 120 milhões de dólares por ano na competição. A ITF havia dito na época que o pacote para reformular a Copa Davis protegeria o futuro do esporte, pois "ofereceria benefícios de longo prazo para jogadores, nações, torcedores, patrocinadores e emissoras".

 

Em um comunicado, a ITF confirmou que sua parceria com a Kosmos Tennis para a Copa Davis está terminando em seu quinto ano e ressaltou os pontos positivos: "A ITF negociou um forte acordo para o tênis em 2018. A parceria aumentou a participação, o prêmio em dinheiro e o interesse na Copa Davis e produziu fundos para apoiar o desenvolvimento global do nosso esporte."

 

O acordo com a Kosmos levou à reformulação da competição por equipes masculinas, fundada em 1900. Os habituais confrontos em casa e fora, disputados em alguns finais de semana durante o ano, foram substituídos em 2019 por uma rodada de duelos em casa e fora, seguida pelas melhores equipes competindo em uma única cidade por um lugar no topo da temporada.

 

Apesar do acordo com a Kosmos ter sido rescindido, o órgão regulador do tênis acrescentou: "A ITF garantiu que as contingências financeiras estejam em vigor e, como guardiã da competição, operaremos as eliminatórias e finais de 2023 conforme programado, com a Final ocorrendo em Málaga, Espanha, em novembro deste ano."

 

Depois que a edição de 2020 foi adiada por causa da pandemia de COVID-19, a final de 2021 foi realizada em 11 dias em três cidades - Madri, Torino e Innsbruck. O formato foi ajustado novamente no ano passado, quando as equipes competiram na fase de grupos em setembro, com os oito primeiros avançando para as finais.


0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar