Últimas Notícias

Estrela da NBA, Stephen Curry diz que "adoraria" estrear nas olimpíadas em Paris 2024

Foto: Kyle Terada – USA Today Sports 


A estrela da National Basketball Association (NBA), Stephen Curry, espera representar os Estados Unidos pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Paris no ano que vem. O jogador de 34 anos passou toda a sua carreira na NBA com o Golden State Warriors desde sua estreia em 2009, ajudando-os a vencer as finais quatro vezes, mais recentemente em 2022.

 

Curry foi nomeado o jogador mais valioso (MVP) nas finais do ano passado contra o Boston Celtics e foi o MVP da NBA em anos consecutivos de 2015 e 2016. Ele é conhecido por seus arremessos de três pontos e é considerado por muitos como o maior arremessador da história da liga.

 

Ele foi bicampeão da Copa do Mundo de Basquete da Federação Internacional de Basquete (FIBA) com os EUA em 2010 e 2014, mas ainda não disputou as Olimpíadas. Tendo perdido os jogos anteriores para se concentrar na preparação para as próximas temporadas da NBA e devido a problemas com lesões, Curry está ansioso para jogar em Paris 2024.

 

Em entrevista ao repórter Marc Stein, Curry revelou estar mais do que animado com a oportunidade: “Sabendo que o técnico [Steve] Kerr está assumindo a liderança e todos dizem que não chega nem perto em termos de vibração, atmosfera, preparação, adrenalina e tudo isso... Não sei quais são as chances, porque você não sabe o que vai acontecer, então adoraria ter essa experiência em algum momento, com certeza”.

 

Kerr treina o Golden State Warriors desde 2014 e foi assistente de Gregg Popovich quando os EUA conquistaram o ouro em Tóquio 2020. Ele deve assumir como técnico principal da equipe masculina dos EUA em Paris 2024 e disse alegremente após as finais da NBA do ano passado que Curry "realmente precisa se concentrar em fazer parte da equipe olímpica de 2024".

 

O local do basquete em Paris 2024 provou ser uma fonte de controvérsia, com as partidas da fase de grupos marcadas para serem disputadas fora de Paris, no Stade Pierre-Mauroy, em Lille, seguidas por eliminatórias na Bercy Arena.

 

A NBA realizou uma partida em Paris ontem, com o Chicago Bulls vencendo o Detroit Pistons por 126 a 108. Autoridades da NBA se reuniram com o presidente da Federação Francesa de Basquete (FFBB), Jean-Pierre Siutat, e com o presidente francês, Emmanuel Macron, para discutir o fortalecimento dos laços e a cooperação em várias iniciativas.

 

Os EUA dominaram o basquete masculino e feminino nos Jogos Olímpicos. Eles venceram os últimos quatro torneios masculinos, conquistando o ouro em 16 jogos de 20 no total.

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar