Últimas Notícias

Com promessa de ampliar o acesso ao esporte, Ana Moser assume o Ministério do Esporte

Ana Moser durante seu discurso na posse (Foto:Júlio Dutra/ Ministério do Esporte)

A ex-atleta Ana Moser assumiu nesta quarta (04) o Ministério do Esporte, em cerimônia realizada em Brasília. Em discurso, Ana reforçou o desejo do governo de que todos os cidadãos tenham acesso a práticas esportivas e ainda brincou que assumir a pasta é "Missão mais difícil que Brasil e Cuba". 

Na sua posse estiveram presentes, os presidentes do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e do CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro), além de outros ministros do novo governo. Durante sua fala, Ana anunciou Marta Sobral, ex-jogadora de basquete, como secretária de Esporte e Rendimento e Diogo Silva, ouro no tae-kwon-do no Pan do Rio-2007, como integrante do seu grupo de trabalho.

A agora ministra afirmou que irá trabalhar também com outras pastas, como a Saúde e a Educação, além de conversar com todos os setores do esporte. "Nosso público é o mesmo. Crianças e jovens que estão na escola, população em geral, atendidos pelo SUS. Missão é que tenham acesso a todos os serviços. Esporte é transversal e precisamos que isso se reflita na prática", disse Ana.

Quando falou sobre a proposta de popularização do acesso ao esporte, a medalhista olímpica lembrou que isso está previsto na constituição. "Vamos buscar as parcerias para ampliar o acesso ao esporte em todo o país. Assumo essa missão para inverter a pirâmide e garantir o acesso a todos ao esporte, como está previsto na Constituição. Nossas propostas têm referências internacionais. Elas têm base e são prioridade na nossa pasta".

Ana é a primeira mulher a assumir a pasta e apenas a segunda esportista, sendo Pelé o primeiro, na criação da pasta em 1995. No último governo, o esporte não teve ministério e foi reduzido a uma secretaria especial dentro do Ministério da Cidadania

0 Comentários

.

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024? Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com ou contribua com a nossa vaquinha pelo link : https://www.kickante.com.br/crowdfunding/ajude-o-surto-olimpico-a-ir-para-os-jogos-de-paris e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os Jogos in loco!

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Digite e pressione Enter para pesquisar

Fechar