Lauro Chaman e Carlos Alberto Soares conquistam medalha de bronze na Copa do Mundo do Canadá de ciclismo paralímpico


Dois dos representantes do Brasil no ciclismo durante os Jogos Paralímpicos de Tóquio, Lauro Chaman e Carlos Alberto Soares conquistaram a medalha de bronze em suas provas de contrarrelógio na sexta-feira, 5, pela Copa do Mundo do Canadá de ciclismo paralímpico, que acontece de 4 a 7 de agosto, na cidade de Quebec.

O paulista Lauro Chaman chegou em terceiro lugar na prova de contrarrelógio pela classe MC5 ao finalizar o percurso em 34min54s34, atrás somente dos franceses Doria Foulon, que terminou a disputa em 34min51s11, e Kein Le Cunff, medalha de ouro com a marca de 34min50s33.

Já o goiano Carlos Alberto Soares foi bronze na mesma prova pela classe MC1, com o tempo de 27min58s68. O vencedor foi o espanhol Ricardo Argiles, com 26min16s32, e o alemão Michael Teuber, com 27min11s74, completou o pódio com a prata.

Em outras participações brasileiras no dia, Victor Luise Herling chegou em 11º lugar na classe MC2, com o tempo de 28min12s65.

Pelo feminino, Gilce de Oliveira Cortes finalizou na oitava colocação a sua prova pela classe WB (49min21s02), enquanto Victoria de Camargo e Barbosa foi a nona colocada na classe WC2 (36min12s51).

Já pela classe WC5, Ana Raquel Batista, com o tempo de 35min21s31, e Telma Aparecida Bueno, em 35min45s66, encerraram a mesma prova no 10º e 11º lugares, respectivamente.

A Copa do Mundo do Canadá contará com provas de contrarrelógio, revezamento, corrida, e desafio de bicileta em diversas classes e tanto no masculino quanto no feminino.

As provas vão até o próximo domingo, 7.

Foto: Divulgação/CBC 
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top