Estados Unidos vencem CWC e estão classificados para as Olimpíadas

Estadunidenses são as campeãs do Campeonato Feminino Concacaf (foto: Concacaf / Divulgação)
Estadunidenses são as campeãs do Campeonato Feminino Concacaf (foto: Concacaf / Divulgação)

O Campeonato Feminino da Concacaf chegou ao fim na noite de ontem (18/07). No Estádio BBVA, em Monterrey, no México, os Estados Unidos venceram o Canadá por 1 a 0 e ficaram com o troféu de primeiro lugar do CWC. Mais cedo no mesmo estádio, a Jamaica derrotou a Costa Rica por 1 a 0 para conquistar o terceiro lugar.

Além da premiação, os EUA se classificaram para as Olimpíadas de Paris 2024 e para a Copa Ouro da Concacaf 2024. O vice-campeão, Canadá, enfrentará a terceira colocada Jamaica na série de play-in olímpico no próximo ano. Todas estão classificadas para a Copa do Mundo, juntamente com a Costa Rica.

Estados Unidos x Canadá

Estados Unidos derrotam Canadá por 1 a 0 (foto: Concacaf / Divulgação)
Estados Unidos derrotam Canadá por 1 a 0 (foto: Concacaf / Divulgação)

As estadunidenses entraram em campo a todo vapor. Aos 1', Mallory Pugh teve a primeira chance da noite ao tentar chutar do lado direito da área, mas a bola bateu por fora.

As canadenses também não ficaram para trás. Aos 7', Nichelle Prince de jogo aberto chegou perto, mas a goleira dos EUA, Alyssa Naeher, estava preparada para tudo.

As chances foram surgindo para os dois lados e, no último minuto do primeiro tempo, Sophia Smith, dos EUA, fez mais uma tentativa. Mas o lance acabou com a goleira, Sheridan, segurando a bola com as pernas.

Os EUA queriam manter a pressão que criaram no final do primeiro tempo e voltaram fortes na segunda metade partindo para o ataque, mas a goleira canadense não deu mole.

O placar da vitória veio quando a árbitra marcou um pênalti para os EUA aos 75' após Allysa Chapman (CAN) cometer uma falta na área sobre Rose Lavelle (EUA). Alex Morgan foi quem cobrou o pênalti e marcou o primeiro e único gol da noite, que garantiu a vitória estadunidense.

A partida continuou agitada até os últimos minutos. Nos acréscimos do segundo tempo, a canadense Julia Grosso teve a última chance da noite para seu time ao chutar de fora da área, mas Naeher assumiu o controle, encerrando a partida final do CWC 2022.


Jamaica x Costa Rica

Jamaicanas ficam com o terceiro lugar do Campeonato Feminino Concacaf (foto: Concacaf / Divulgação)
Jamaicanas ficam com o terceiro lugar do Campeonato Feminino Concacaf (foto: Concacaf / Divulgação)

As duas equipes começaram fortes. A Costa Rica teve a primeira chance aos 3', mas a estrela do Reggae Girlz neste torneio, a goleira Rebecca Spencer, parou o chute, mandando a bola por cima do travessão.

A primeira chance para a Jamaica veio aos 11' quando Drew Spence cabeceou, mas a goleira costarriquenha, Daniela Solera, estava a postos para a defesa.

Os últimos minutos do primeiro tempo foram cheios de emoções. Aos 40', Raquel Rodriguez tentou abrir o jogo para a Costa Rica, mas mandou por cima do travessão. O mesmo aconteceu com o lado caribenho nos 45+1' quando Shaw teve um chute para ajudar seu time, mas não conseguiu acertar.

A jamaicana Trudi Carter quase deu vantagem à sua equipe aos 62', mas acertou a trave. O poste impediu um gol novamente aos 90+2', quando Rodriguez tentou selar o jogo para o Las Ticas.

Pela primeira vez no CWC 2022, uma partida foi para a prorrogação, adicionando ainda mais emoção ao jogo já tenso.

O gol finalmente saiu aos 102', quando Kalyssa Vanzanten, que havia entrado aos 99', marcou o primeiro gol da noite com uma finalização de pé direito, colocando seu time em posição para a vitória.

A emoção foi até os últimos minutos. Nos 117', Fabiola Villalobos teve a última chance para a Costa Rica, mas Spencer estava pronta para impedir seu chute e garantir a vitória jamaicana.


Premiações

Alex Morgan, Kailen Sheridan e Julia Groso recebem seus prêmios (foto: Concacaf / Divulgação)
Alex Morgan, Kailen Sheridan e Julia Groso recebem seus prêmios (foto: Concacaf / Divulgação)

Prêmio Fair Player: Canadá

Prêmio Jovem Jogadora: Melchie Dumornay, Haiti

Melhor Goleira: Kailen Sheridan, Canadá

Artilheira: Julia Grosso, Canadá (3 gols)

Melhor Jogadora: Alex Morgan, Estados Unidos

Próximos passos

Com este resultado, se classificam para as Olimpíadas de Paris, em 2024, as campeãs estadunidenses. As outras medalhistas, Canadá e Jamaica, disputarão o play-in olímpico Concacaf ano que vem.

Para a Copa do Mundo, a ser disputada em 2023 na Austrália e Nova Zelândia, estão automaticamente classificadas Canadá, Costa Rica, Jamaica e EUA. Haiti e Panamá disputarão os play-offs intercontinentais em fevereiro do ano que vem juntamente com Camarões, Taipé Chinês, Haiti, Panamá, Senegal e Tailândia, até o momento. As 10 nações serão divididas em três chaves, que incluirão uma semifinal e uma final. Os vencedores de cada chave irão para o mundial.

As campeãs também se classificaram para a Copa Ouro da Concacaf. O torneio final será realizado em junho de 2024, um mês antes do início do torneio olímpico de futebol feminino. A W Gold Cup contará com doze equipes, incluindo as duas equipes que se classificaram para os Jogos Olímpicos de Verão, as seis equipes que se classificaram na fase de grupos e play-in, e quatro equipes nacionais convidadas de outras confederações.


Código adsense convertido aqui

4 Comentários

  1. Naty, Parabéns pela matéria tão bem escrita ! Muito feliz pela divulgação do esporte e seu crescimento! Bjs Bruna

    ResponderExcluir
  2. Micael Oliveira19/7/22 11:47 AM

    Se estados unidos fosse bom se chamava brasil hahaha brincadeiras a parte, parabens as meninas

    ResponderExcluir
  3. As americanas já foram melhores viu

    ResponderExcluir
  4. DANIELA FRANCISCA DE OLIVEIRA19/7/22 2:46 PM

    Agora é esperar as olimpíadas 👏👏

    ResponderExcluir
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top