Em jogo disputado, Nathalie Moellhausen perde chance de ser bicampeã no Mundial de Esgrima


Nesta segunda (18), Nathalie Moellhausen foi eliminada no primeiro jogo da chave final do Mundial de Esgrima, disputado no Cairo, Egito. Com isso, a brasileira perdeu a chance de conquistar mais um título mundial na espada, assim como fez em Budapeste 2019.

Nathalie, 35ª do ranking mundial, perdeu para Wai Ling Chan, de Hong Kong, 55ª no ranking, em uma partida acirrada pela diferença mínima, 10 a 9.

A atleta brasileira vinha de um excelente resultado na fase de grupos, avançando a chave principal com 100% de aproveitamento. Agora volta à pista no Mundial para a disputa do torneio de espada por equipes ao lado de Victoria Vizeu, Ginerva Giordano e Mariana Correia, na próxima quarta-feira (20).

Coreia do Sul leva o primeiro ouro do Mundial

Na disputa individual da espada feminina, o ouro ficou com Song Se-ra, da Coreia do Sul, que superou a alemã Alexandra Ndolo por 11 a 10. A coreana soma o título ao seu currículo que já conta com uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, na disputa de espada por equipes.

Como não há disputa pelo bronze no Mundial, este foi dividido pela bicampeã mundial e duas vezes medalhista olímpica Rosella Fiamingo, da Itália e Vivian Kong, representante de Hong Kong.

Húngaro tri-olímpico conquista primeiro Mundial no sabre

No sabre masculino, o ouro ficou com o tricampeão olímpico Aron Szilagy. O húngaro alcançou uma vitória simples (15-14) contra o francês Maxime Pianfetti, 25º no ranking mundial. Este foi o primeiro título mundial de Szilagy.

Sandro Bazadze, da Geórgia, e Iulian Teodosiu, da Romênia, ficaram com as medalhas de bronze da competição.

Programação

Nesta terça (19) estão previstas as fases finais da espada individual masculina e do florete individual feminino. Esta última contando com a presença da jovem brasileira Rafaella Gomes, de 19 anos, 100ª no ranking mundial, que terá uma pedreira no primeiro jogo contra a italiana Arianna Errigo, 4ª do ranking mundial e dona de três medalhas olímpicas.

No florete, Rafaella Gomes avança à chave principal do Mundial de Esgrima

Foto: Divulgação/BizziTeam/FIE

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top