Catalunha entra com candidatura solo para receber os Jogos Olímpicos de Inverno


A Catalunha apresentou na última quinta-feira (28) a candidatura solo para receber os Jogos Olímpicos de Inverno de 2030 ou 2034.

A apresentação foi feita pela presidente da região autônoma, Laura Vilagra.

Em junho deste ano, por causa de discordâncias e acusações entre os governos das regiões da Catalunha e de Aragão, a candidatura conjunta acabou sendo abortada pelo Comitê Olímpico Espanhol antes do referendo previsto para o último dia 25 de julho.

O presidente do COE, Alejandro Blanco, disse que iria preparar uma nova candidatura, desta vez para 2034, e estaria disposto a ouvir propostas de outras regiões da Espanha.

Vilagra reuniu os representantes das regiões que iriam receber os eventos na candidatura conjunta e substituiu os que iriam acontecer em Aragão e vão ser realocados para a Catalunha.

Segundo a apresentação, esportes como hóquei no gelo, curling e de patinação seriam realizados na região de Barcelona, Badalona e Gavá. Os Pirineus receberiam as competições de esqui alpino, estilo livre, biatlo e cross country, além das provas de snowboard.

Já o salto com esqui será disputado em Courchevel (FRA) e La Plagne (FRA), enquanto as provas de trenó serão disputadas em Sarajevo (BIH).

Para conferir os planos da Catalunha, clique aqui.

Entretanto, os espanhóis correm contra o tempo para viabilizar a candidatura. O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, disse que quer nomear os candidatos preferidos de 2030 em dezembro deste ano e anunciar o vencedor em maio de 2023, durante a sessão do COI em Mumbai (IND).

Sapporo (JPN), Salt Lake City (USA) e Vancouver (CAN) são as cidades no páreo para receber os Jogos de 2030.

Foto: Divulgação

Postar um comentário

To Top