Canal Olímpico do Brasil adquire os direitos de transmissão de Assunção 2022


O Canal Olímpico do Brasil anunciou na segunda-feira (25) que transmitirá ao vivo os Jogos Sul-americanos de 2022, que serão disputados entre os dias 1 e 15 de outubro, em Assunção, no Paraguai.

Serão mais de 662 horas de transmissão, mostrando todos os detalhes dos mais variados esportes. O torcedor brasileiro poderá acompanhar de perto nossos atletas lutando pelas medalhas na competição mais importante da América do Sul.

"A transmissão dos Jogos Sul-americanos Assunção 2022 é um marco importante na evolução do Canal Olímpico do Brasil, uma iniciativa do COB que está democratizando as transmissões das modalidades olímpicas no país. Em pouco mais de um ano e meio de vida, o Canal coleciona momentos marcantes, com um retorno de público impressionante”, disse o presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley.

"Os Jogos Sul-americanos são uma etapa muito importante na caminhada para a preparação para os Jogos Olímpicos Paris 2024 e o Brasil vai chegar muito forte nessa disputa. Com a transmissão, estamos possibilitando que os fãs acompanhem o desempenho de uma delegação formada por quase 800 pessoas e cerca de 450 atletas, entre eles vários destaques em suas modalidades, ídolos do esporte nacional", completou Paulo Wanderley.

O diretor-geral da entidade, Rogério Sampaio, também cita a importância do Canal Olímpico ter adquirido os direitos de transmissão do evento.

“O COB está muito satisfeito com a evolução do Canal Olímpico, apesar do pouco tempo de sua atuação. Estamos cada vez mais focados na transmissão de grandes eventos internacionais, como Mundiais e Missões com a participação brasileira, como são os Jogos Sul-americanos de Assunção. Desta forma, estamos dando visibilidade a atletas de diversas modalidades que fazem um trabalho incrível e antes só conseguiam aparecer às vésperas dos Jogos Olímpicos”, disse Rogério Sampaio.

Camilo Perez, presidente da Organização Desportiva Sul-americana (ODESUR), comemorou a parceria com o COB e o Canal Olímpico do Brasil.

"Estou muito feliz que todas as ações dos nossos Jogos chegarão a todos os brasileiros apaixonados pelo esporte e pelo movimento olímpico por meio do Canal Olímpico do Brasil. Na ODESUR trabalhamos em conjunto com os Comitês Olímpicos Nacionais para promover o desenvolvimento esportivo na região", declarou.




O Time Brasil promete fazer bonito nos Jogos Sul-americanos. A delegação contará com 472 atletas, disputando as medalhas em 46 das 53 modalidades da competição, oriundas de 34 esportes diferentes.

Essa é a maior delegação do Time Brasil no ciclo olímpico. A expectativa é voltar a liderar o quadro de medalhas, depois de ter ficado na segunda colocação, atrás da Colômbia, na edição de Cochabamba, na Bolívia, em 2018.


Os XII Jogos Sul-Americanos terão a participação de mais de 6.800 atletas e oficiais dos 15 países que compõem a ODESUR (Organização Desportiva Sul-americano).

Postar um comentário

To Top