Bruno Schmidt/Saymon avançam para a semifinal e Duda/Ana Patrícia e Bárbara/Carol estão nas quartas do Elite 16 de Gstaad


O terceiro dia de jogos pelo Elite 16 de Gstaad, na Suíça, a quarta etapa do circuito mundial de vôlei definiu os classificados para as quartas de final na chave feminina e para as semifinais no lado masculino. Ao final do dia, três duplas brasileiras se mantiveram vivas na competição e avançaram para as próximas fases. Bruno Schmidt/Saymon representam o Brasil na semifinal dos homens e Duda/Ana Patricia e Bárbara Seixas/Carol Solberg jogam as quartas de final entre as mulheres.


CHAVE FEMININA



O dia nas areias de Gstaad teve início com as disputas das repescagens pelo torneio feminino. O Brasil teve quatro duplas entrando em quadra nesta fase em busca de uma vaga nas oitavas de final.


A dupla formada por Maria Elisa e Fernanda foi a primeira do país a disputar uma partida e acabaram derrotados. De virada, a dupla italiana Bianchin/Scampoli venceu por 2 a 1 (21/18, 15/21 e 12/15) e eliminou a dupla brasileira.


No entanto, apesar da derrota no primeiro duelo do dia, as outras atletas brasileiras na disputa não deixaram se abater e conseguiram avançar para a fase de oitavas de final. Bárbara Seixas/Carol Solberg conseguiram a vitória em cima das norueguesas Helland-Hansen/Olimstad por 2 a 0 (22/20 e 21/19). Outra dupla do Brasil, Taiana Lima/Hegê também se classificou vencendo por 2 a 0 (23/21 e 21/14) Böbner/Vergé-Dépré, da Suíça. Já Tainá/Victoria tiveram mais dificuldades, mas avançaram depois de derrotarem as estadunidenses Quiggle/Schermerhorn por 2 a 1 (14/21, 21/16 e 13/15).


Pelas oitavas de final, Duda/Ana Patrícia também foram para a quadra e eliminaram as italianas carrascas de Maria Elisa e Fernanda. As campeãs mundiais tiveram mais uma vitória tranquila por 2 a 0 (21/13 e 24/22) e garantiram a classificação para a próxima fase. A dupla de Bárbara Seixas/Carol Solberg também avançou para as quartas de final. Elas venceram as espanholas Carro/Lobato por 2 a 0 (13/21 e 15/21). Na próxima fase, que será disputada no sábado (09/07), as brasileiras enfrentarão Pavan/Melissa, do Canadá, e Borger/Sude, da Alemanha, respectivamente.


As outras duas duplas brasileiras foram derrotadas e não avançaram de fase. Taiana Lima/Hegê perderam para as australianas Clancy/Mariafe por 2 a 0 (21/18 e 21/7) e Tainá/Victoria foram superadas por Brandie/Brukovic, do Canadá, também por 2 sets a 0 (22/20 e 21/12).


CHAVE MASCULINA


Pelo lado masculino do torneio apenas duas duplas do Brasil chegaram até as oitavas de final. Bruno Schmidt/Saymon e Renato/Vitor Felipe passaram repescagem e entraram em quadra nesta sexta-feira (08/07) em busca de avançarem na competição.


Renato e Vitor Felipe foram os primeiros a pisarem na areia e começaram o dia com o pé direito. Com uma vitória incontestável por 2 a 0 (15/21 e 18/21), eles eliminaram os noruegueses Berntsen/Mol H. e garantiram vaga nas quartas de final. A outra dupla brasileira, de Bruno e Saymon também avançou para a próxima fase. Os brasileiros derrotaram por 2 a 1 (18/21, 21/15 e 11/15) Cherif/Ahmed, do Catar.


Ainda nesta sexta, já pelo final da tarde, foram disputadas as partidas da fase de quartas de final. Em um jogo com o primeiro set disputadíssimo, Renato/Vitor Felipe foram eliminados do torneio pelos holandeses Varenhorst/Van De Velde por 2 a 1 (25/27, 21/18 e 7/15). Já Bruno Schmidt/Saymon venceram com autoridade os alemães Sowa/Pfretzschner por 2 a 0 (21/18 e 21/15) e estão classificados para as semifinais. Pela partida que dará vaga a final e garantirá ao menos a medalha de prata ao vencedor, a dupla brasileira enfrentará Perusic/Schweiner, da República Tcheca.


Foto: FIVB


Postar um comentário

To Top