Atletas enfrentam "perrengues" e reclamam de falhas na organização da fase final da VNL em Bolonha, na Itália

Maique registrou o momento da ida ao treino em ônibus da polícia em suas redes sociais (Foto: Instagram/@maique.reeis)

Horas antes das partidas decisivas pela Liga das Nações de Vôlei masculino, o que tem chamado atenção é a precariedade nas condições oferecidas pela organização do evento em Bolonha, na Itália. Diversos vídeos de atletas e delegações tem circulado nas redes sociais mostrando os "perrengues" enfrentados nas acomodações, alimentação, locais de treinos e vestiários oferecidos pelos atletas.

Um deles é o do líbero da seleção brasileira, Maique, em que narra sua frustração ao descobrir que o veículo disponibilizado para levar o time ao local do treino era um ônibus da polícia. 

Outro que registrou o despreparo da organização foi o campeão olímpico Earvin Ngapeth, da França. Em suas redes sociais ele fez imagem dos quartos disponibilizados e reclamou dos horários das competições. Também postou uma foto de um dos membros da delegação almoçando sentado no chão, por falta de mesas no restaurante do hotel.


A delegação iraniana reclamou do descumprimento de acordos por parte do hotel em que estão hospedados, considerando-os como pecado mortal.

Equipe do Irã encontrou dificuldades no hotel em Bolonha (Fonte: Divulgação/Federação Iraniana de Vôlei)

Jogos decisivos começam amanhã

À parte de todos os problemas enfrentados, nesta quarta (20) começa a ser definido o resultado final da Liga das Nações Masculinas de Vôlei. Abrindo a programação, o Brasil terá uma parada dura contra um de seus adversários mais tradicionais na modalidade, os Estados Unidos, às 13h, horário de Brasília. Revanche em relação à primeira fase quando os estadunidenses bateram os brasileiros, em casa, por 3-1.

A principal novidade do time brasileiro é a recuperação total de Lucão, que tratava uma lesão na panturrilha. Além do central, o técnico Renan Dal Zotto conta com os levantadores Bruninho e Cachopa; os centrais Isac, Flávio e Aracaju; os líberos Thales e Maique; os ponteiros Lucarelli, Adriano, Rodriguinho e Honorato; o ponteiro/oposto Leal; e o oposto Darlan.

Na segunda partida, às 16h, a Itália, que terminou a primeira fase na liderança, pega os Países Baixos. Os jogos serão transmitidos pelo Sportv2.


Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top