Após título mundial, Alison dos Santos diz que quer abrir portas para mais brasileiros serem campeões


O corredor Alison dos Santos, que conquistou na terça-feira (19) o título dos 400m com barreiras no Mundial de Atletismo, que está sendo realizado em Eugene (USA), disse que quer abrir portas para mais brasileiros serem campeões.

O "Piu", como é chamado carinhosamente, falou após a conquista histórica nos EUA que: "Eu realmente vim para cá e treinei bem. Fiz tudo o que podia para vir para cá e conquistar o título mundial, então não fiquei tão surpreso quando eu venci."

"Cheguei realmente bem e estou em ótima forma, então eu sabia que poderia correr mais rápido que a minha melhor marca pessoal e quando cruzei a linha de chegada e vi a marca de 46.29s, foi incrível e fiquei muito feliz"


"Eu sei que posso correr ainda mais rápido do que isso. Então estou muito orgulhoso e feliz e queria correr de novo!!", disse o brasileiro.

Detentor da terceira melhor marca da história, Alison também falou sobre os brasileiros: 'Os caras do Brasil são incríveis. Eles torceram e enviaram boas vibrações para mim. Quero abrir a porta para eles, pois sou o primeiro homem brasileiro campeão mundial. Sou o primeiro campeão, então é muito bom abrir as portas e mostrar que eles podem vir para o campeonato mundial e vencer."

"Não é impossível", completou o medalhista de bronze em Tóquio 2020.

O único ouro do Brasil havia sido obtido em 2011, com Fabiana Murer no salto com vara. Foi a 14ª medalha do país em Mundiais e o primeiro em provas de pista.

Foto: Bryan Snyder/REUTERS


Postar um comentário

To Top