Após desistência do Brasil, Liga Mundial de Polo Aquático define semifinalistas

Time italiano reedita final do Mundial contra a Espanha na semi (Foto: FINA)

Mesmo classificado, o Brasil não enviou a seleção masculina de Polo Aquático para a fase final da Liga Mundial, que acontece em Estrasburgo, na França. O time havia conquistado a vaga da chamada Super Final após conquistar o terceiro lugar na Copa Continental, em março, após vencer o Canadá na disputa do terceiro lugar.

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), por meio de sua assessoria, informa que a participação do Brasil não era prevista desde o início da temporada e que a prioridade era a participação no Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste.

Com isso, a vaga acabou com a equipe de Montenegro, 4ª colocada da seletiva europeia. Juntando-se a Espanha (atual campeã mundial), Sérvia e Austrália, no grupo A. Enquanto Estados Unidos, Itália, França e Canadá formaram o grupo B.

Encerrada a fase de grupos, destaque para os espanhóis que fecharam com 100% de aproveitamento, liderando o grupo A. Seguidos por Montenegro, Sérvia e Austrália. No B, a liderança ficou com os Estados Unidos, seguidos da Itália, França e Canadá. 

Para as quartas-de-final, todos se classificaram. O chaveamento cruzava os primeiros de cada grupo com os quartos do outro, e assim sucessivamente.

No jogo que abriu esta fase, nesta segunda (25), a Itália, vice-campeão em Budapeste 2022, bateu a Sérvia por 14 a 7. Logo depois, a Espanha passou com tranquilidade pelo Canadá por 13 a 6. Itália e Espanha farão uma reedição da final do último mundial, em junho, na semifinal, nesta terça (26).

Do outro lado da chave, os Estados Unidos avançaram em confronto apertado contra a Austrália, 12 a 11. Já os donos da casa sofreram para vencer Montenegro por 12 a 9, de virada. Com esses resultados, Estados Unidos e França se enfrentam na segunda semifinal.

Postar um comentário

To Top