Angelina tem lesão no joelho constatada e pode ficar até 10 meses fora dos gramados

Angelina domina bola e levanta a cabeça procurando o melhor passe
Foto: Thaís Magalhães/CBF



Apesar da conquista da Copa América, nem tudo é alegria na seleção de futebol feminino. A meiocampista Angelina, que saiu de campo no início da decisão contra a Colômbia após uma dividida, vai ficar de fora dos gramados por um bom tempo.


A CBF anunciou que após ser examinada clinicamente, a atleta deixou o estádio e foi encaminhada ao hospital para realizar um exame de imagem (ressonância nuclear magnética). Com o resultado, a hipótese médica foi confirmada com a ruptura total do ligamento cruzado anterior e menisco lateral do joelho direito. A previsão de recuperação de lesões desse tipo é de sete a dez meses sem jogar.


Um dos destaques do Brasil na Copa América, Angelina pode ser desfalque na copa do mundo de 2023, que começa em julho. Segundo a CBF, o OL Reign, clube que a meiocampista atua, já foi notificado e ela fará sua recuperação por lá


Angelina já se pronunciou nas redes sociais sobre a lesão e celebrou a conquista da Copa América: "Primeiramente, gostaria de agradecer as mensagens de preocupação e força. Infelizmente, ontem durante a partida sofri o rompimento do LCA e Menisco. Ficarei um tempo afastada, mas sei que terei o suporte de todos vocês. Mas também agradeço a Deus pelo título da COPA AMÉRICA! Confio que tudo vai ficar bem! Obrigada por todo apoio!"

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top