Tetra de Ledecky e nova estrela francesa, veja como foi o segundo dia do Mundial de Esportes Aquáticos

Com mais um ouro, Katie Ledecky se consolida como a maior medalhista na natação na história do Mundial (Foto: Divulgação/FINA)

O Mundial de Esportes Aquáticos 2022, em Budapeste, entregou seis medalhas neste sábado (18)

Confira outros destaques do dia:

Natação

A primeira medalha da natação saiu nos 400m livre masculino, com o ouro de Elijah Winnington (03:41.22), da Austrália e a prata de Lukas Martens (03:42.85). Nesta prova o Brasil garantiu sua primeira medalha no Mundial de Esportes Aquáticos de Budapeste 2022, com o bronze de Guilherme Costa (03:43.31), com direito a recorde sulamericano. 

É bronze! Guilherme Costa leva a primeira medalha do Brasil no Mundial de Esportes Aquáticos

Nos 400m livre feminino, Katie Ledecky, dos Estados Unidos, levou o tetracampeonato mundial na prova, com direito a recorde da competição, com 03:58.15. Em prova forte, a grande estrela da natação estadunidense liderou do início ao fim. A prata ficou com Summer McIntosh, do Canadá, e Leah Smith, dos Estados Unidos fechou o pódio. Ariarne Titmus, da Austrália, recordista mundial na prova, não competiu em Budapeste.

Com este resultado, Ledecky se consolida como a maior medalhista da história do Mundial de Natação entre as mulheres, com 16 ouros e 3 pratas em cinco participações.

A terceira final do dia, os 400m medley masculino, foi vencida pelo francês Leon Marchand, com o recorde da competição, 04:04.28. Ele chegou perto da melhor marca mundial 04:03.84l, de Michael Phelps, nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, ainda na era dos trajes. A prata e o bronze ficaram com os estadunidenses Carson Foster (04:06.56) e Chase Kalisz (04:07.47), este último atual campeão olímpico.

O dia foi encerrado com os revezamentos 4x100m livre. Entre os homens, os Estados Unidos, com a presença do multimedalhista olímpico, Caeleb Dressel, além de Ryan Held, Justin Ress e Brooks Curry, ficou com o ouro (03:09.34). A prata ficou com a Austrália, com William Xu Yang, Matthew Temple, Jack Cartwright e Kyle Chalmers (03:10.80). Por fim, o bronze foi da equipe da Itália, com Alessandro Miresi, Thomas Ceccon, Lorenzo Zazzeri e Manuel Frigo (03:10.95). O Brasil, esteve na final e fechou na 7ª colocação.

No feminino, mesmo com um time considerado reserva, a Austrália levou o ouro com Mollie O'Callaghan, Madison Wilson, Meg Harris e Shayna Jack, com o tempo de 03:30.95. A prata foi do Canadá com Kayla Sanchez, Taylor Ruck, Margaret Macneil e Penny Oleksiak, com 03:32.15. Fechando com o bronze, os Estados Unidos, representados por Torri Huske, Erika Brown, Kate Douglass e Claire Curzan, com 03:32.58. As brasileiras, pela primeira vez numa final de revezamento no mundial fechou com o ótimo 6º lugar.

Revezamento do Brasil fecha primeiro dia do Mundial com resultado histórico, veja resumo

Primeiro ouro da competição saiu no Nado Artístico

A primeira medalha de ouro desta edição do Mundial de Esportes Aquáticos veio no Nado Artístico, na rotina técnica solo, prova sem a presença do Brasil. Depois de um bronze em Gwangju 2019, a japonesa Yukiko Inui sobrou com a nota 92.8662 garantido a primeira colocação. Marta Fiedina, da Ucrânia, foi prata com 91.9555. Evangelia Platanioti, da Grécia, fechou o podio com 89.5110.

Essa foi a primeira vez, em seis mundiais consecutivas, que uma atleta não-russa vence em provas de nado artístico individual. Lembrando que as delegações da Rússia e Belarus foram excluídas do mundial devido à Guerra na Ucrânia.

Nas outras preliminares disputadas no dia, o Brasil conquistou duas vagas nas finais: com a equipe feminina pela rotina livre e no dueto misto pela rotina técnica.

Quadro de Medalhas

O quadro de medalhas após o primeiro dia do Mundial de Esportes Aquáticos de Budapeste 2022 ficou assim:

1º Estados Unidos - 2 ouros, 1 prata e 3 bronzes (6 no total)

2º Austrália - 2 ouros e 1 prata (3 no total)

3º França - 1 ouro

4º Japão - 1 ouro

5º Canadá - 2 pratas

8º Brasil - 1 bronze

Próximos passos

Domingo (19), entramos no terceiro dia de competições com disputa de mais cinco medalhas.

Natação

Valendo medalha

100m peito (M)

100m borboleta (F) 

50 m borboleta (M) - Nicholas Santos

200m medley (F)

Preliminares e semifinais 

100m costa (F)

100m costa (M) - Guilherme Basseto

100m peito (F) - Jhennifer Conceição

200m livre (M) - Fernando Scheffer e Breno Correia

1500m livre (F) - Beatriz Dizotti e Viviane Jungblut

Nado Artístico

Valendo medalha

Dueto Feminino (Rotina Técnica)

Preliminares

Equipes Femininas (Rotina Técnica) - Time Brasil

Postar um comentário

To Top