Sania Lima e Tamires Santos ganham ouro no Aberto de Badminton de Santo Domingo


No domingo, 12, Sania Lima, Tamires Santos e Davi Silva escreveram mais um importante capítulo na história do Badminton Brasil ao conquistarem as medalhas de ouro e prata nas finais de duplas femininas e mistas do Aberto de Badminton de Santo Domingo.

Na decisão entre Brasil e Guatemala, Tamires Santos e Sania Lima derrotaram a dupla feminina formada por Diana Corleto Soto e Nikte Alejandra Sotomayor por 2 sets a 0, com duplo placar de 21/17. As atletas guatemaltecas chegaram à final após derrotarem Juliana Vieira e Jeisiane Alves, resultado que garantiu a medalha de bronze para as brasileiras.

Nas duplas mistas, Sania e Davi Silva ganharam a prata após o último jogo realizado contra os japoneses Sumiya Nihei e Minami Asakura terminar em 21/14 e 21/13, dando a vitória aos orientais. Após o duplo triunfo deste domingo, a atleta piauiense Sania Lima fez um balanço sobre as expectativas para os próximos desafios.

- É muito importante terminar o bimestre com bons resultados, isso prova que estamos no caminho certo. Agora é continuar trabalhando pois com certeza teremos mais respostas positivas para o Brasil competindo no circuito mundial e em outros torneios importantes. Quem sabe conseguimos a classificação olímpica?! A medalha de hoje é um estímulo para que a gente evolua mais e siga trazendo vitórias pro nosso país!

Tamires Santos também comentou sobre a conquista do primeiro lugar no pódio da República Dominicana.

- Pra mim o mais importante desta competição foi o aprendizado. Acredito que esse resultado vai agregar muito para o nosso ranking e isso é algo que sempre almejamos nos campeonatos para tentar uma boa qualificação que nos leve a jogar em torneios maiores - disse a atleta que também competiu ao lado de Matheus Voigt pela dupla mista.

Brasil conquista ouro e bronze na dupla feminina, prata na dupla mista e bronze na simples masculina

Além do saldo positivo nas finais deste domingo, vale mais uma vez destacar a conquista da medalha de bronze pelas atletas Jeisiane Alves e Juliana Vieira, que garantiram o terceiro lugar no pódio após a disputa da semifinal contra a dupla da Guatemala derrotada por Sania e Tamires.

Para a assistente técnica Fabiana da Silva, responsável pelo grupo na competição e que atualmente faz parte da equipe que treina a Seleção Brasileira em Americana (SP), os resultados obtidos mostram a evolução do grupo como um todo.

- Estou muito feliz por ver a evolução dos atletas em cada competição e a minha evolução também, gerir um grupo grande em competições internacionais não é uma tarefa fácil, quase não saímos da quadra. Temos um grupo jovem que tem muito a dar pelo badminton brasileiro e acredito que o trabalho que estamos desenvolvendo com eles trará bons frutos futuramente. Sabemos que temos muito a melhorar com muito trabalho pela frente pra alcançarmos resultados cada vez maiores a nível internacional - concluiu.

Postar um comentário

To Top