Pietra Chierighini tem o melhor desempenho entre os brasileiros no primeiro dia do Pan-Americano de Esgrima


As disputas de sabre individual abriram os trabalhos no Campeonato Pan-Americano de Esgrima, que acontece até a próxima quarta-feira (8) em Assunção, capital do Paraguai. Oito brasileiros estiveram na pista do Parque Olímpico, competindo por medalhas e vagas nos Jogos Pan-Americanos de 2023, em Santiago. Destaque para Pietra Chierighini, com a melhor campanha desta sexta-feira.

Pietra foi a única a alcançar o quadro de 16. E por muito pouco não seguiu adiante. Ela foi superada pela venezuelana Shia Rodriguez, por apenas um ponto: 15 a 14. Luana Pekelman foi outra que fez duelo muito equilibrado, no quadro de 32, mas acabou superada em apenas um toque pela canadense Madison Thurgood.

Karina Trois, Enrico Pezzi e Bruno Pekelman também chegaram ao quadro de 32. Karina acabou parando na norte-americana Elizabeth Tartakovsky, por 15 a 12. Pezzi foi superado em 15 a 9 por Andrew Mackiewicz, outro norte-americano. E Pekelman caiu diante do colombiano Sebastian Cuellar, por 15 a 12.

O Brasil ainda teve Henrique Garrigós alcançando o quadro de 64, onde foi superado pelo mexicano Gibran Zea por 15 toques contra 8. Luiza Lee e Fabio Salles não avançaram da fase de pules.

A competição de sabre do Campeonato Pan-Americano de Esgrima teve a participação de 48 atletas no feminino, representando 14 países. O masculino foi disputado por 54 esgrimistas, de 18 países.

Foto: Augusto Bizzi/FIE

Postar um comentário

To Top