Definida a equipe brasileira para o Campeonato Pan-Americano de Levantamento de pesos



A Confederação Brasileira de Levantamento de Pesos (CBLP) divulgou neste domingo (12) a delegação que vai disputar o Campeonato Pan-Americano da modalidade, que acontecerá em Bogotá, na Colômbia, entre os dias 22 e 30 de julho. Com algumas feras e outras caras novas que se destacaram em competições nacionais, o time brasileiro terá 14 pesistas.


No feminino, o Brasil terá as medalhistas mundiais Amanda Schott, Laura Amaro e Taiane Justino. Nathasha Rosa, representante do país nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Emily Rosa, irmã de Nathasha e que já disputou os Jogos Olímpicos da Juventude. E apresenta outras gratas revelações de competições nacionais, como Raquel Santos e Luiza Dias, que conquistaram medalhas de ouro nos Campeonatos Brasileiros de 2022 e 2021. Completam a lista de mulheres as atletas Letícia Laurindo, Bruna Piloto e Amanda Silva.


Entre os homens, o quarteto de atletas conta com medalhistas no último Campeonato Pan-Americano: Josué Lucas, Marco Túlio Gregório, Serafim Veli e Thiago Félix. 


A convocação levou em conta critérios técnicos e também estratégicos, com o objetivo de garantir oito vagas para os Jogos Pan-Americanos de Santiago, em 2023. A classificação para o Pan leva em conta o desempenho dos países nos dois últimos Campeonatos Pan-Americanos: este e o de Guayaquil, no Equador, disputado em 2021.


Os países que ficarem entre a quinta e a nona colocação no ranking das campanhas dos dois Pan-Americanos terão direito a levar quatro atletas para o respectivo gênero. O Brasil ficou em sétimo lugar nos dois naipes em Guayaquil. Porém, apesar de a posição final ser idêntica, a pontuação foi determinante para levar uma delegação feminina mais robusta, com dez mulheres e quatro homens.


No masculino, o Brasil tem remotas chances de perder uma posição neste grupo, mas a chance de subir para o grupo principal, que classifica cinco atletas para os Jogos, é pequena (atualmente, os Estados Unidos estão em quarto lugar). No feminino, existe uma disputa maior, numa briga envolvendo Canadá, Porto Rico, Argentina e Guatemala.


Desta forma, a Confederação Brasileira de Levantamento de Pesos optou por levar sua força máxima, com todas as atletas capazes de obter boas pontuações em Bogotá na disputa geral e assegurar a quarta vaga feminina em Santiago.


Foto: Washington Alves/LightPress/CBLP

Postar um comentário

To Top