Brasil segue na disputa do mundial de vôlei de praia


Torcida brasileira comemora com André e Geoge (foto: Divulgação/FIVB)
Torcida brasileira comemora com André e Geoge (foto: Divulgação/FIVB)

As oitavas de final do Brasil no mundial do vôlei de praia foram quase perfeitas. No campeonato disputado em Roma, seis das sete duplas verde-amarelas poderiam passar para a próxima fase. Isso porque, coincidentemente, houve um duelo Brasil-Brasil no feminino. Dessas, cinco avançaram para as quartas de final.

Masculino


Bruno Schmidt e Saymon comemoram vitória (foto: Divulgação/FIVB)
Bruno Schmidt e Saymon comemoram vitória (foto: Divulgação/FIVB)

O duelo brasileiro voltará a aparecer nas quartas. Após vencerem os australianos Nicolaidis e Carracher, André e George irão enfrentar Bruno Schmidt e Saymon, que ganharam de Cherif e Ahmed, do Catar. Na primeira partida do dia, André e George venceram com tranquilidade garantindo uma vitória por dois sets a zero, com um duplo 21x15. Logo em seguida, Bruno Schmidt e Saymon bateram os medalistas olímpicos em uma partida segura que acabou com o placar de 2 sets a 0, com um duplo 21x19.

Alison e Guto passaram pelos primos Grimalt, do Chile, com certa dificuldade. No primeiro set, a pontuação chegou aos 24 a 22, depois de uma virana na reta final. Mas, com esse estímulo, a dupla brasileira fechou em 21 a 17.

Para fechar com chave de ouro, Vitor Felipe e Renato encararam Nicolai e Cottafava. Apesar de terem começado muito mal e terem perdido por 21 a 11 no primeiro set, a dupla ganhou a segunda parcial por 21 a 19. No tie-break, consagrou a vitória com uma vitória de 15 a 13.

Feminino

Disputa brasileira entre Duda/Ana Patrícia e Carol Solberg/Bárbara (foto: Divulgação/FIVB)
Disputa brasileira entre Duda/Ana Patrícia e Carol Solberg/Bárbara (foto: Divulgação/FIVB)

Entre as mulheres, Duda e Ana Patrícia são as únicas representantes nacionais que permaneceram. Elas venceram Carol Solberg e Bárbara com certa facilidade, dominando o placar durante praticamente todo o tempo. O jogo terminou em 2 sets a 0, com parciais de 21/16 e 21/17. Este foi o quinto confronto entre as duplas e, em todos, o time mais jovem saiu vitorioso.

Infelizmente, as canadenses Sarah Pavan e Melissa Paredes acabaram com a possibilidade de mais um duelo brasileiro na semi. Em um jogo muito equilibrado, Talita e Rebecca venceram o primeiro set por 21/16. As norte-americanas revidaram no segundo por 21/11. No set desempate, o Talita e Rebecca passaram perto da vitória, mas erraram em um momento importante e foram derrotadas por 18/16.

Agora, Duda e Ana terão a missão de derrubar as atuais campeãs do mundo. As canadenses Sarah Pavan e Melissa Paredes estão pegando pesado com o Brasil. Além de Talita e Rebecca, as canadenses eliminaram Taiana / Hegeile na fase anterior.

Resumo do dia

André/George (BRA) x Nicolaidis/Carracher (AUS): 2x0 (21/15, 21/15)

Duda/Ana Patrícia (BRA) x Bárbara Seixas/Carol Solberg (BRA): 2x0 (21/16, 21/17)

Talita/Rebecca (BRA) x Pavan/Melissa (CAN): 1x2 (21/16, 11/21, 16/18)

Bruno Schmidt/Saymon (BRA) x Cherif/Ahmed (QAT): 2x0 (21/19, 21/19)

Alison/Guto (BRA) x Grimalt/Grimalt (CHI): 2x0 (24/22, 21/17)

Renato/Vitor Felipe (BRA) x Nicolai/Cottafava (ITA): 2x1 (11/21, 21/19, 15/13)

Próximos passos

Os jogos das quartas de final ocorrem amanhã (17/06) ao longo do dia. Confira:

6h - Duda/Ana Patrícia (BRA) x Pavan/Melissa (CAN)

8h - Andre/George (BRA) x Bruno Schmidt/Saymon (BRA)

14h - Alison/Guto (BRA) x Mol/Sorum (NOR)

16h - Renato/Vitor Felipe (BRA) x Nõlvak / Tiisaar (ESL)

Postar um comentário

To Top