Atletismo do Brasil conquista três medalhas de bronze em meeting na Polônia


O Brasil ganhou três medalhas de bronze no Grande Prêmio de Atletismo de Poznan, na Polônia, disputado na sexta-feira (27/5), em evento válido pela série bronze do Continental Tour da World Athletics. Vitória Rosa (Pinheiros-SP) terminou em terceiro lugar nos 100 m e nos 200 m. A outra medalha foi conquistada por Guilherme Kurtz (UCA-SC) nos 1.000 m.

Vitória Rosa, um dos destaques brasileiros no Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, encerrado no domingo (22/5), em La Nucia, Espanha, com duas medalhas de ouro, correu os 100 m em 11.31 (2.8), chegando atrás da britânica Imani Lansiquot (11.15) e da polonesa Anna Kielbasinska (11.26).

Nos 200 m, a velocista carioca completou a prova em 22.96 (1.4). A dinamarquesa Ida Karstoft foi a vencedora (22.81), seguida de Lansiquot (22.93).

Já nos 1.000 m, Guilherme Kurtz, campeão do GP Brasil Loterias Caixa nos 800 m, obteve a marca de 2:21.39. “O clima aqui não ajudou, frio, vento e chuva, mas ainda sim foi um bom resultado, chegando à frente de dois ótimos corredores quenianos e de um francês”, comentou o gaúcho de 27 anos. “Foi a primeira vez que disputei uma prova de 1.000 m e gostei da experiência.”

O vencedor foi o britânico Ben Pattison, com 2:19.27. O polonês Michal Rozmys ficou em segundo lugar, com 2:19.74.

Outros brasileiros na competição: Tabata Vitorino (AA Maringá-PR) terminou na quarta colocação nos 300 m (37.82); Simone Ferraz (Jaraguá do Sul-SC) ficou em quinto nos 2.000 m com obstáculos (6:34.40); e Gabriele Sousa dos Santos (Pinheiros-SP) completou o salto triplo em nono lugar (13,12 m, - 1.5).

Foto: Wagner Carmo/CBAt


Postar um comentário

To Top