Stefany Navarro vence e faz índice no heptatlo para o Mundial Sub-20 em Cali, em agosto


A Copa Brasil de Provas Combinadas, realizada no sábado e domingo (9 e 10/4), em Bragança Paulista, teve vitórias dos atletas do Pinheiros-SP Felipe Vinícius dos Santos no decatlo, com 8.004 pontos, e Raiane Vasconcelos Procópio no heptatlo, com 5.690 pontos. Teve também índice para o Campeonato Mundial Sub-20 de Cáli, na Colômbia, de 2 a 7 de agosto, com Stefany Beatriz Navarro da Silva (AAP-PR). Stefany, de 19 anos, comemorou a vitória e a melhor marca de sua carreira no heptatlo - 5.304 pontos. A marca exigida pela World Athletics para qualificação do heptatlo sub-20 é 5.300.

Com gelo nas pernas, se recuperando do cansaço após os 800 m, a última das sete provas que fez nos dois dias, Stefany chorou de emoção quando ouviu sua pontuação na voz do locutor do estádio do Centro Nacional Loterias Caixa de Desenvolvimento do Atletismo. "É minha segunda combinadas depois de um ano sem competir - o foco estava no dardo, onde também já tenho o índice - e não esperava conseguir tão rápido no heptatlo. Quero fazer as duas provas no Mundial", disse Stefany nascida em Paranavaí, Paraná.

Começou no atletismo indicada pelo patrão da avó - brincava de esconde-esconde na rua - ao professor Ademir Nicola, o Mimi. "De lá nunca mais parei, tinha 12 anos." Começou nas barreiras e fez dardo antes de passar para as provas combinadas.

Ana Luísa Couto Ferraz (Orcampi-SP) ficou com a medalha de prata (5.198), seguida por Sofhia Carolina Antonio (Clã Delfos-MG), com 4.926 pontos.

Raiane Vasconcelos Procópio (Pinheiros-SP) venceu o heptatlo adulto, com 5.690 pontos. Definiu como uma prova de grande aprendizado com os erros e disse estar feliz com as muitas coisas boas que aconteceram. "O contexto todo foi bom e agora o foco é treinar forte para o Ibero-Americano, em maio, e ir passo a passo. Tem Troféu Brasil e estou muito focada e sonho com o Mundial de Eugene, em julho, e vou trabalhar muito até a última chance para buscar vaga. Temporada recheada de oportunidades", disse Raiane.

Jenifer Nicole Vieira Norberto (IEMA-SP) ganhou a medalha de prata (5.502 pontos) e Ingrid Gomes da Cruz (Sport Club do Recife-PE) a de bronze (5.269 pontos).

A vitória no decatlo foi de Felipe Vinícius dos Santos , que somou 8.004 pontos. José Fernando Ferreira Santana (PFC-PE), o Baloteli, ganhou a medalha de prata com 7.479 pontos, seguido por Lucas da Silva Catanhede (ACA-SC), que completou o pódio, com 7.092 pontos.

Felipe conseguiu romper a barreira dos 60 m no lançamento do dardo dentro do decatlo - fez 61,33 m. "É uma prova em que venho batalhando para alcançar esse objetivo e foi muito bom. Mas nessa temporada enfrentei alguns problemas pessoais que me deixaram preocupado. Mas venci o desafio e por esse resultado sei que estou no caminho certo", afirmou. O atleta disse que vai trabalhar para consertar alguns erros e mirar no Mundial do Oregon, Estados Unidos, de 15 a 24 de julho. "Eu sou o primeiro a acreditar nesse objetivo."

No sub-20, o campeão foi Cauã Ferreira da Silva (Santana de Paranaíba - G.E.A.B), com 6.191 pontos. A medalha de prata ficou com Vitor Lazarim (Barra Bonita), com 5.716 pontos, e a de bronze com Lucas Norberto da Silva (FECAM/ASSERCAM), com 4.590 pontos.

O Pinheiros foi campeão por equipes no masculino, empatado com Santana de Parnaíba- G.E.A.B, e no feminino, empatado com AAP, ambos com 13 pontos. Em terceiro lugar no masculino ficaram PFC e Barra Bonita, com 8 pontos, e no feminino Orcampi e IEMA, também com 8 pontos.

Foto: Carol Coelho/CBAt

Postar um comentário

To Top