Shaoang Liu e Choi Minjeong levam o título geral no Mundial de Short Track

Liu Grita após corrida. Ele veste o uniforme preto da hungria, com as cores da bandeira do país no topo (verde, branco e vermelho), ele veste um capacete com numero 1 e óculos de proteção
Liu comemora o ouro nos 1000m - Foto: International Skating Union

No último fim de semana, foi realizada mais uma edição do Mundial de Patinação de Velocidade (Short Track) em Montreal, no Canadá. Os grandes destaques foram o húngaro Shaoang Liu e a sul-coreana Choi Minjeong. Os dois venceram o título geral da competição (na soma dos pontos dados para os oito primeiros de cada prova individual) e ainda levaram quatro ouros cada no total.

No masculino, Shaoang Liu conquistou o bicampeonato seguido no geral. Mas desta vez em grande estilo. O húngaro venceu as três provas olímpicas individuais: 500m, 1000m e 1500m. Após os três ouros, Liu já havia garantido o título geral quando disputou a Superfinal: uma prova de 3000m por pontos que só é realizada em Campeonatos Mundiais. O canadense Pascal Dion venceu a corrida e ficou com o segundo lugar na classificação geral do Mundial.

Na última final masculina, o revezamento de 5000m, a vitória foi da Coreia do Sul, com Han Seungsoo, Kwak Yoongy, Lee Juneseo e Park Inwook. Prata para os Países Baixos e o bronze ficou com o Canadá. A prova foi a última da carreira de Charles Hamelin, principal canadense da modalidade, dono de seis medalhas olímpicas (sendo quatro de ouro) e 42 em Mundiais (14 de cada cor).

Hamelin ergue o braço esquerdo, enquanto carega sua filha no colo com o braço direito. Ele veste o uniforme vermelho e preto do canadá e ela veste uma camisa jeans
Hamelin comemora a última medalha da carreira com sua filha no colo - Foto: International Skating Union

Choi Minjeong brilha no feminino


Choi vibra após a vitória nos 1000m - Foto: International Skating Union
Na competição feminina, o domínio foi de Choi Minjeong, da Coreia do Sul. Ela conquistou seu quarto título mundial geral da modalidade (2015, 2016, 2018 e 2022). Choi venceu duas provas provas individuais - 1000m e 1500m - além da Superfinal. 

A única prova em que a sul-coreana não subiu ao pódio foi nos 500m quando parou na semifinal e terminou em quinto com a vitória na final B. O ouro ficou com Xandra Velzeboer dos Países Baixos. Outro destaque da competição foi a canadense Kim Boutin que terminou em segundo lugar em todas as provas do Mundial.

O último ouro da Choi Minjeong em Montreal veio em grande estilo, no revezamento 3000m feminino. A equipe da Coreia do Sul estava em terceiro lugar, um pouco atrás de Canadá de Países Baixos, quando Choi fez uma última volta espetacular para ultrapassar Boutin na linha de chegada e dar o ouro para a sua equipe no photo finish.

Chegada do revezamento. Coreana, no lado esquerdo da imagem, vibra muito com o ouro. Canadense, ao centro, se desespera após perder. Holandesa, no lado direito faz apenas uma expressão de cansaço
Choi comemora após a vitória no revezamento - Foto: International Skating Union

Foto de capa: Divulgação /International Skating Union

Postar um comentário

To Top