Jonathan Matias bate espanhol e vai decidir o Desafio Internacional do México de Badminton


Determinado a fazer história em uma das principais competições do circuito mundial de badminton, Jonathan Matias, número 201 no ranking da Federação Mundial de Badminton (BWF), superou na sexta-feira, 15, o espanhol Pablo Abian, atual 56º no ranking e seu oponente na semifinal do Desafio Internacional Mexicano de Badminton.

No primeiro set do jogo, Jonathan saiu na frente e com a larga vantagem de dez pontos fechou o placar por 21 a 11. No segundo set, com uma partida mais acirrada o espanhol acabou virando e venceu ao fechar por 21 a 18. No terceiro e decisivo set para o Brasil, Jonathan mostrou superioridade e diante do resultado de 21 a 14 o atleta carioca garantiu a sua inédita participação na final do torneio que acontece neste sábado, 16, na cidade de Aguascalientes, no México.

Para Marco Vasconcelos, o foco de Jonathan tem sido fator primordial para o alcance dos recentes resultados.

- Ele tem se dedicado integralmente à sua carreira, é um atleta jovem mas que vem treinando com muita determinação, por isso está fazendo um excelente campeonato e conseguiu chegar à final. Nós estamos aqui para dar a ele todo suporte. Amanhã temos uma final muito importante e estamos trabalhando para apresentar um bom nível de jogo tal qual tem sido até agora. Precisamos nos manter humildes e gratos pelos dias que Deus tem nos ajudado a trabalhar bem, sem lesões, com foco no alcance dos nossos objetivos - analisou o técnico da Seleção Brasileira de Badminton.

Badminton do Brasil chega à três semifinais


Além de Jonathan representando a categoria Simples Masculina, nesta sexta o Brasil também esteve em duas semifinais de duplas. Na Dupla Mista, os atletas Jaqueline Lima e Fabrício Farias enfrentaram a dupla japonesa formada por Naoki Yamada e Moe Ikeuche, que acabou saindo vitoriosa com o placar de 2 a 0, com parciais de 21/15 e 21/18 a favor dos nipônicos.

Na Dupla Feminina, Jaqueline Lima e Samia Lima enfrentaram com garra as japonesas Rui Hirokami e Yuna Kato mas acabaram sendo derrotas pelo placar duplo de 21 a 17.

- Importantes frisar que este é um torneio de nível mundial muito bom com a presença de grandes atletas japoneses, europeus e americanos então ter o Brasil em três semifinais é algo muito importante. Desejamos que isso abra novos horizontes para as expectativas que nós temos sobre as metas com este grupo de trabalho para os campeonatos mundiais, Pan-Americanos e Jogos Olímpicos - concluiu Marco Vasconcelos, que também destacou a grande performance de Ygor Coelho que acabou sendo derrotado nas quartas de final por apenas dois pontos de vantagem do seu adversário.

Foto: Divulgação
Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top