Com Guilherme Toldo e Bia Bulcão, Brasil conta com nove representantes em duas Copas do Mundo a partir desta sexta-feira


A Semana Santa da esgrima será de muito Brasil pelo mundo. A partir da sexta-feira (15), nove brasileiros estarão envolvidos em duas competições internacionais, as Copas do Mundo de Florete (em Belgrado, na Sérvia) e de Espada (em Paris, na França). O destaque fica por conta da participação de Guilherme Toldo e Bia Bulcão na primeira e de Alexandre Camargo na segunda.

Na capital sérvia, o Brasil será representado tanto nas competições individuais quanto por equipes. Além de Toldo e Bia, Gabriella Vianna e Rafaella Gomes (no feminino), e Pedro Marostega, Lorenzo Mion, Paulo Morais e Ricardo Pacheco (no masculino) disputam a Copa do Mundo de Florete.

O único brasileiro que está entre os cabeças de chave do evento é Guilherme Toldo no masculino e, por isso, ele inicia a competição já na fase eliminatória. O atleta vai para a sua terceira competição internacional no ano. O esgrimista esteve na Copa do Mundo de Paris, na França, em janeiro, e ficou na 17ª posição. No mês seguinte, ele foi para a Copa do Mundo do Cairo, no Egito, e finalizou a sua participação na 37ª colocação.

Com programação de quatro dias, o evento nos Bálcãs será iniciado com a competição individual feminina. Nela, Bia Bulcão fará a sua estreia nesta sexta-feira na pule 8. A esgrimista fez bons treinamentos antes do torneio e está confiante de que possa fazer um bom campeonato em Belgrado.

“Eu tive um período bom de treinamento na Itália e consegui trabalhar bem a minha parte física. Vai ser uma boa oportunidade para pegar ritmo de jogo, me sinto preparada, acredito que fiz um bom trabalho até então”, avaliou a floretista.

A brasileira vê esta participação na Copa do Mundo como um bom aquecimento para as grandes competições vindouras, como o Pan-Americano (em Assunção, no Paraguai, entre 1º e 8 de junho) e o Campeonato Mundial (em Cairo, no Egito, entre 15 e 23 de julho).

“Há muitos elementos que quero aproveitar em pista, experimentar. Vai ser importante para ver o que está funcionando ou não, visando as competições principais que estão por vir, como o Pan e o Mundial”, disse a atleta.

No feminino, as outras duas representantes do Brasil estão em pleno ritmo de competição já que ambas estiveram na disputa do Campeonato Mundial Cadete e Juvenil, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, na última semana.

Gabriella Vianna e Rafaella Gomes estiveram na equipe juvenil brasileira da arma, que terminou entre as 15 melhores com a 13ª colocação. No individual, a primeira chegou ao quadro de 128, enquanto a segunda foi até o quadro de 64.

No masculino, todos os outros representantes do Brasil terão de passar pelas pules a partir do sábado (16). Dentre eles, Lorenzo Mion e Ricardo Pacheco, que estiveram na disputa do Mundial Cadete e Juvenil. Juntos, eles alcançaram o 11º lugar do torneio por equipes. No individual, Mion alcançou o quadro de 64 do campeonato, enquanto Pacheco caiu no quadro de 128.

A última participação internacional de Paulo Morais foi o Pan-Americano Cadete e Juvenil, em Lima, no Peru. Pedro Marostega ainda não competiu internacionalmente em 2022.

Alexandre Camargo em Paris


A partir desta sexta-feira, Paris sediará a Copa do Mundo de Espada, e o Brasil contará com Alexandre Camargo como representante. Ele vem de duas participações internacionais em 2022: um 39º lugar na Copa do Mundo de Sochi, na Rússia, e um 62º no Grand Prix de Budapeste, na Hungria.

O atleta vem realizando treinamentos na Itália e acredita que está em um bom ritmo. O esgrimista sabe que terá de dar o seu melhor para alcançar a sua meta no torneio.

“Eu acho que estou jogando bem. Estou me preparando bem com o meu técnico há um tempo, estamos acertando algumas coisas e numa evolução boa. Nosso projeto é a longo prazo”, declarou o brasileiro.

“Tive bons resultados recentemente. Eu estou buscando alcançar os meus objetivos em Paris, que é estar entre os 64 melhores e, a partir daí, tentar dar um passo adiante. Mas Copa do Mundo é sempre uma caixinha de surpresas, não é fácil, tudo pode acontecer”, finalizou o espadista.

Foto: Augusto Bizzi/FIE


Postar um comentário

To Top