Sapporo afirma que não fará referendo sobre a candidatura para sediar os Jogos de Inverno em 2030

A cidade japonesa de Sapporo não pretende realizar um referendo público para a possível realização dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2030, afirmou o prefeito Katsuhiro Akimoto.

A cidade do norte do Japão, que já foi sede olímpica em 1972,  manifestou interesse em ser anfitriã novamente da competição.

O Comitê Olímpico Internacional não definiu uma data para anunciar a escolha. Outras cidades que manifestaram interesse em receber a competição são Vancouver, Salt Lake City e uma oferta espanhola, talvez de Barcelona.

“Não há planos de realizar um referendo sobre as Olímpiadas e Paralímpiadas”, explicou Akimoto.

O prefeito de Sapporo sabe que o histórico de referendo normalmente não é favorável, na maioria das vezes o resultado da votação costuma ser “não”.

O COI alterou a forma como escolhe as sedes olímpicas, após escândalos de suborno que mancharas as eleições. Hoje a escolha fica centralizada na liderança do COI. Esse processo foi iniciado com a escolha de Brisbane 2032.

Akimoto divulgou o resultado de pesquisas realizadas no início deste mês e os resultados apresentados foram positivos, ficando entre 52% e 65%. As pesquisas foram feitas de forma online, correio e por entrevista na rua e tiveram a participação de mais de 10.000 pessoas.  O prefeito Akimoto não deu detalhes da metodologia ou confiabilidade das pesquisas.

“Sentimos que fomos capazes de receber uma certa quantidade de apoio para a candidatura”.

Os organizadores da candidatura de Sapporo 2030, estima o custo para organizar a competição ficará em cerca de U$$2,6 bilhões de dólares (mais de 13 bilhões de reais).

O COI já escolheu Paris como sede olímpica de 2024, seguido por Milão-Cortina, sede olímpica de inverno de 2026 e Los Angeles para receber os Jogos Olímpicos de Verão de 2028. O COI também escolheu Brisbane, para ser sede olímpica de verão em 2032.

Foto: Kyodo

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top