Hugo Calderano dá o troco e elimina alemão no WTT Star Contender em Doha


O desfecho do confronto entre Hugo Calderano (3º colocado no ranking mundial) e o alemão Qiu Dang (25º) terminou de forma diferente nesta terça-feira (29). Se na última semana o brasileiro foi batido pelo caneteiro no WTT Contender em Doha, no Catar, nesta foi a vez da redenção do brasileiro, que conseguiu a sua revanche e aplicou 3 sets a 2 (11/7, 7/11, 11/9, 9/11 e 11/6) no adversário nas oitavas de final do WTT Star Contender – também realizado na capital catariana. 

Classificado para as quartas de final, o brasileiro ainda não tem o adversário definido. O oponente na briga por vaga na semifinal virá do encontro entre o sueco Kristian Karlsson (23º) e o indiano Sathiyan Gnanasekaran (39º)

Calderano teve um bom início de set, acertando grandes bolas e dificultando o jogo do alemão. Com paralelas poderosas, o brasileiro abriu uma vantagem de 9 a 3 e encaminhou o triunfo, que acabou vindo no 11 a 7.

O brasileiro seguiu com bom trabalho de backhands e forehands, mas Qiu Dang equilibrou bastante a partida, o que fez com que o placar seguisse empatado durante boa parte da parcial. Ao final, o caneteiro foi melhor e devolveu os 11 a 7.

Hugo conseguiu abrir a dianteira logo no início do terceiro set. Com 6 a 2 no marcador, tudo indicava que a parcial se encaminharia para uma vitória tranquila do brasileiro. Porém, o alemão empatou em 7 a 7 e trouxe equilíbrio novamente para o confronto. O duelo seguiu em igualdade até o momento decisivo quando o número 3 do mundo triunfou pela vantagem mínima: 11 a 9.

Na sequência, o carioca abriu 4 a 1 nos cinco primeiros pontos em disputa. Perdendo a parcial e o jogo, Qiu Dang solicitou tempo. O europeu ficou atrás durante a maior parte do confronto, mas, nos pontos finais, ele concluiu a sua reação e finalizou com vitória de 11 a 9.

Na quinta e última parcial, o melhor rali de todo o jogo aconteceu na decisão do terceiro ponto em que o alemão acabou levando o tento. Após o momento, Hugo se mostrou bastante agressivo e assertivo. Com isso, o melhor atletas das Américas controlou o restante do jogo e fechou em 11 a 6.

Bruna Takahashi acaba superada por sul-coreana


O Brasil ainda contou com Bruna Takahashi (30ª) na disputa das oitavas de final. A brasileira teve um embate duro contra a sensação do campeonato feminino, a sul-coreana Joo Cheonhui (100ª), atleta que tem menos de um ano como profissional e que vem eliminando grandes adversárias no WTT Star Contender, como a medalhista olímpica de bronze, Doo Hoi Kem (8ª), de Hong Kong. A paulista acabou batida por 3 sets a 1 (9/11, 11/5, 7/11 e 8/11).

O jogo foi iniciado com uma performance melhor de Bruna Takahashi. Ela esteve bem ofensiva e conseguiu abrir uma liderança de quatro pontos. Mas, no decorrer das trocas, a sul-coreana mostrou que incomodaria e encaixou uma sequência de cinco tentos seguidos, o que foi decisivo para a definição do set: 11 a 9 para Joo de virada.

A segunda parcial foi toda da brasileira. Bruna dominou as primeiras ações e foi constante ao se manter na frente durante toda o game. Com ataques efetivos, a brasileira abriu margem e fechou em 11 a 5, empatando o duelo.

A primeira metade do terceiro set foi muito equilibrado, nenhuma das atletas conseguia a vantagem no marcador. Porém, a sul-coreana encaixou uma boa sequência após o 6 a 6, o que a encaminhou para a vitória: 11 a 7.

A quarta parcial teve um início semelhante ao final do set anterior, com Joo acertando tudo que tentava. Quando o placar estava 4 a 1, Bruna solicitou o pedido de tempo. Na volta, a brasileira fez valer a parada e empatou o confronto.

Entretanto, a asiática abriu três pontos de dianteira novamente, vantagem eliminada pela paulista. Com a igualdade no marcador, parecia que a brasileira buscaria a virada, mas a sul-coreana não permitiu, aplicar 11 a 8 e encerrou o embate.


Postar um comentário

To Top