Escócia desiste do Mundial de Curling feminino; Suíça é líder


A Escócia desistiu no último domingo (20) do Mundial de Curling feminino, que está sendo disputado em Prince George (CAN).

O time escocês perdeu a capitã Rebecca Morrison e a alternate Fay Henderson, após as duas testarem positivo para COVID-19 antes dos jogos contra a República Tcheca e a Suíça, contra quem contaram com apenas três jogadoras. 

Assim, a federação escocesa decidiu desistir do Mundial e todos os resultados da equipe serão WO para as demais adversárias nos próximos jogos.

Antes de desistir, a Escócia foi derrotada por 9-8 para as tchecas e 12-1 para as suíças.

Na classificação, Suíça, Japão e Coreia do Sul lideram com três vitórias e nenhuma derrota. Além da vitória contra a Escócia, as suíças, que lideram no critério de desempate, também derrotaram a Suécia por 8-7.

As japonesas superaram a Itália (9-2) e os EUA (7-6), já as sul-coreanas venceram a Alemanha (7-2) e a República Tcheca (8-7).

Suécia, Noruega, EUA e Dinamarca tem 2 vitórias e uma derrota, na quarta colocação.

Os jogos seguem nesta segunda-feira (21).

Foto: WCF/Jeffery Au

Postar um comentário

To Top