Brasil conquista 13 medalhas no primeiro dia de disputas em torneio de natação paralímpica na Itália


Os nadadores brasileiros dominaram o primeiro dia de disputas da etapa de Lignano, na Itália, do World Series, circuito internacional da natação organizada pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, sigla em inglês). Ao todo, foram conquistadas 13 medalhas, sendo seis ouros, duas pratas e três bronzes na sexta-feira, 11.

O formato da competição consiste em eliminatórias pela manhã, a partir das 5h, e finais à tarde, a partir das 13h, horários de Brasília. A premiação é feita com base no índice técnico competitivo (ITC) alcançado pelo atleta e não o tempo marcado no cronômetro oficial.

Nesta sexta, foram disputadas oito provas individuais: 50m costas (feminino e masculino), 100m e 200m livre (feminino e masculino), 200m medley (feminino e masculino).

O estreante em competições internacionais, Samuel Oliveira, da classe S5, conquistou duas medalhas de ouro: nos 50m costas e nos 200m medley. Gabriel Araújo (S2) e Mariana Gesteira (S9) também conquistaram a medalha de ouro, ambos nos 100m livre.

“Os resultados foram bem positivos. Tivemos marcas muito boas, principalmente entre os atletas jovens como o Samuel e a Lídia que estrearam na Seleção nesta competição”, comentou Leonardo Tomasello, técnico-chefe da Seleção Brasileira de natação.

O Brasil também participou de quatro revezamentos: 4x100m medley misto 34 pontos, 4x100m livre misto S14, 4x50m medley misto 20 pontos e 4x100m livre misto 49 pontos. Nos dois últimos, a equipe brasileira nadou sozinha e por este motivo não foram entregues medalhas.

As disputas seguem até o próximo domingo, 13.

Foto: Alê Cabral/CPB

Postar um comentário

To Top