André Barbieri fica em 13º lugar no snowboard cross em Pequim

André faz salto em uma rampa. O brasileiro está no canto direito da imagem, usando um uniforme majoritarimante amarelo e um colete grená com o número de identificação

O brasileiro André Barbieri ficou em 13º lugar na disputa do snowboard cross nos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022. Competindo na classe LL1 (para atletas com deficiência nos membros inferiores), o único snowboarder do Brasil nessa edição caiu nas quartas de final. O canadense Tyler Turner levou a medalha de ouro.

André estava na segunda bateria das quartas de final com Liu Yiyang da China, Noah Elliot dos EUA e Rene Eckhart da Áustria. O estadunidense e o chinês saíram na frente e brigaram pela primeira posição, com Liu superando o norte-americano por meio segundo. André estava em terceiro lugar no início da prova, mas foi ultrapassado por Eckhart, ficando em quarto lugar na bateria.

“Eu estava pensando positivo que eu ia passar mas não deu, os caras não cometeram erros. Comecei em 3º, o austríaco me passou por um erro meu, e então acabei a bateria em 4º. Eu estou feliz. É óbvio que eu queria ter passado, mas só de estar aqui já é um sucesso. É medalha de ouro estar aqui representando o país.”, comentou o brasileiro.

Na final, Tyler Turner do Canadá, o atual campeão mundial da prova, teve uma ótima largada, se colocando em uma boa posição para levar a medalha de ouro, sem grandes problemas. A prata ficou com Mike Schultz dos Estados Unidos que fez uma manobra ousada em uma das curvas para passar o chinês Wu Zhonghei que terminou com o bronze.

Foto de capa: Gustavo Haidar/CBDN 

Postar um comentário

To Top